Melhor tese de doutoramento em Ginecologia Endoscópica é da FMUP

O prémio de “Best PhD Thesis” foi atribuído aos investigadores durante o “ESGE 27th Annual Congress”. (Foto: DR)

O melhor projeto de tese de doutoramento na área da Ginecologia Endoscópica foi desenvolvido na Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP) e no Centro de Ensino e Treino de Endoscopia Cirúrgica (CETEC) do Hospital CUF Porto. O prémio – atribuído pela European Society of Gynecologic Endoscopy, uma das mais prestigiadas sociedades internacionais na área – foi atribuído a um grupo de investigadores da FMUP que está a explorar meios para melhorar a forma como se treinam profissionais para a realização de laparoscopias, mais concretamente no início do procedimento.

“Sendo a laparoscopia um procedimento minimamente invasivo, atualmente, cerca de metade das complicações decorrem durante o início do procedimento, na colocação das portas de entrada. Através deste estudo queremos, numa primeira fase, avaliar os vários modelos que estão a ser usados para treinar profissionais e, mais tarde, tentar desenvolver um novo modelo de treino que permita minimizar ao máximo as complicações.”, explica Susana Mafalda Maia, autora do estudo. “Acreditamos que este problema pode ser minimizado se forem criadas novas estratégias de treino.”, acrescenta a investigadora.

Para avaliar estes conhecimentos e as estratégias que estão atualmente a ser aplicados, o grupo de investigadores da Faculdade de Medicina da U.Porto procedeu, além de uma análise de outros estudos, a um inquérito internacional junto de vários experts internacionais da área.

O estudo, desenvolvido por Susana Mafalda Maia no âmbito do programa doutoral em Medicina da FMUP, está a ser coordenado por João Luís Silva Carvalho e João Bernardes, docentes do departamento de Ginecologia-Obstetrícia e Pediatria da instituição. O ´prémio de “Best PhD Thesis” foi atribuído aos investigadores durante o “ESGE 27th Annual Congress”, que decorreu em Viena, em outubro 2018