Matosinhos acolhe o melhor do voleibol de praia universitário mundial

Campeonato Europeu de Voleibol de Praia Universitário 2013 - Portugal

Portugal vai procurar repetir o feito alcançado no Europeu Universitário de 2013, onde alcançou o título no setor feminino. (Foto: FADU)

Mais de 150 atletas de 20 países diferentes, cinco dias de competição, seis campos distribuídos pela Praia de Matosinhos e 150 voluntários envolvidos na organização. São estes os números do 7.º Campeonato Mundial Universitário (CMU) de Voleibol de Praia, que arrancou esta quarta-feira, na Praia de Matosinhos, e se vai prolongar até 27 julhonuma organização conjunta  da Universidade do Porto (U.Porto), do Instituto Politécnico do Porto (IPP) e da Federação Académica do Porto (FAP), sob a tutela da FADU.

A cerimónia de abertura da mais importante prova mundial do voleibol de praia universitário teve lugar esta terça-feira, na Praia de Matosinhos. Seguem-se cinco dias de competição em que as  60 duplas vão começar por se defrontar numa fase de grupos, a que se seguirá a fase a eliminar. Com entrada livre, os jogos têm início às 9h00, prolongando-se até final da tarde.

Par além de ser entidade organizadora, a U.Porto é também a instituição  mais representada entre as seis duplas (três masculinas e três femininas) que vão vestir as cores de Portugal durante o evento. No setor feminino, destaca-se a presença da dupla formada por Rosa Couto e Marta Hurst, estudantes das faculdades de Farmácia (FFUP) e de Desporto (FADEUP), respetivamente. Já Joana Resende, da Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação (FCNAUP), junta-se a Tânia Oliveira (Universidade Fernando Pessoa) numa equipa que reúne duas atletas que estiveram em destaque no Campeonato Europeu Universitário de Voleibol de Praia 2013. A outra dupla é formada por Margarida Reis (Universidade Nova de Lisboa) e Maria Tinoco (Universidade de Lisboa).

Já no masculino, a U.Porto está representada em todos as equipas nacionais em competição. O destaque vai para a dupla composta por Filipe Pinto Tomás Silva (FMUP), estudantes do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar (ICBAS) e da Faculdade de Medicina da U.Porto (FMUP). Entre os eleitos do selecionador Francisco Fidalgo estão ainda os nomes de Sebastião Alves e de e Simão Teixeira, estudantes da FADEUP que alinharão ao lado de João Simões (Universidade Fernando Pessoa) e de Luís Moreira (Instituto Politécnico do Porto).

Para além das seis duplas portuguesas, o campeonato conta ainda com a participação de mais 54 duplas, repartidas por Alemanha (5), Áustria (2), Bélgica (1), Brasil (4), Canadá (2), China (4), Eslováquia (1), Eslovénia (2), Espanha (2), Estados Unidos (4),  Estónia (2), Israel (2), Japão (1), Letónia (1) Lituânia (1), Noruega (3), Omã (2), Polónia (4), República Checa (3), Rússia (4) e  Suiça (2).

Em paralelo com a vertente competitiva, o CMU de Voleibol de Praia chega a Portugal com o objetivo de promover a prática desportiva  no meio universitário. Uma ideia que marcou a sessão de apresentação pública do evento, na qual marcaram presença o Presidente da Comissão Organizadora e Presidente da FAP, Rúben Alves, do Pró Reitor da U.Porto com o Pelouro do Desporto, Fernando Remião, do Pró-Presidente do IPP, António Marques, do Vice-Presidente da Câmara Municipal de Matosinhos Eduardo Pinheiro, do Administrador da “Porto Lazer”, Luís Alves e do Administrador da FADU, Hugo Carvalho.

Mais informações (programa de jogos, equipas, etc,) sobre CMU de Voleibol de Praia 2014 no site do evento ou no Facebook.

  • Ligia Mca Almeida

    Fico sempre orgulhosa com o mérito dos alunos da UP. No caso do Voleiball, devo expressar tb o meu orgulho, mas ao mesmo tempo lamenter que no meio de tanto orgulho de todos os dedicados voluntarios desta tão brilhante iniciativa,após reconhecimento public pelo exemplar comportamento ético, não tenham recebido um diploma para os seus curricula e ninguém tenha providenciado em devido tempo para que tal empenho e mérito tenha sido registado no suplemento ao diploma de cada um.