Maria Teresa Miras Portugal dá conferência aberta no ICBAS

Maria Teresa Miras Portugal

Maria Teresa Miras Portugal, professora catedrática e diretora do Departamento de Bioquimica e Biologia Molecular da Universidade Complutense de Madrid (Espanha), e especialista no campo das neurociências, vai estar no próximo dia 27 de março, no Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar da Universidade do Porto (ICBAS), onde protagonizará uma conferência aberta sobre o tema “Role of P2X7 receptor in the nervous system: from development to neurodegeneration”.

Aproveitando a sua vinda a Portugal devido a um doutoramento, Miras Portugal (doutorada na Universidade de Estrasburgo, sob a orientação de Paul Mandel, com uma tese sobre as catecolaminas em tecido neural) vai partilhar parte do trabalho que levou à criação do primeiro grupo de investigação espanhol dedicado ao estudo da sinalização purinérgica no sistema nervoso, na Universidade Complutense de Madrid, onde é professora titular desde 1986. Foi também professora de Bioquímica e Biologia Molecular em várias universidades espanholas (Autónoma de Madrid, Oviedo, Múrcia), e investigadora principal de mais de 40 projetos de investigação com apoio nacional e internacional, tendo publicado mais de 200 artigos originais em revistas internacionais indexadas.

Maria Teresa Miras Portugal  é membro ativo de numerosas sociedades científicas (Membro Honorário da Sociedade Espanhola de Bioquímica e Biologia Molecular, Membro Eleito para a Direcção da Sociedade Europeia de Neuroquímica (ESN); Membro Eleito para a Direcção da Sociedade Internacional de Neuroquímica (ISN); Fundadora do Club das Purinas; e membro do Conselho Editorial do Journal of Purinergic Signaling; membro do Conselho Editorial do Journal of Neurochemistry, membro do subcomité da IUPHAR para a nomenclatura dos nucleótidos P2Y; Presidente da Comissão Interministerial para a Ciência e a Tecnologia; Membro do Painel Científico da OTAN; membro do júri do Prémio para Jovens Cientistas no contexto da UE; membro do júri do Prémio Príncipe de Astúrias; e membro do júri do Prémio Jaime I).

A conferência tem início às 14h30, no Salão Nobre do complexo ICBAS/FFUP. A sessão será realizada em inglês.

A entrada é livre.