Linguagem de computadores e espiões em análise na FCUP

A presença da criptografia moderna no nosso quotidiano será o tema em análise na FCUP. (Foto: DR)

Deparamo-nos com ela em atividades tão banais como assinar e reconhecer assinaturas, preservar anonimato, comprar e vender e votar, mas raramente nos damos conta da sua presença. É esse o ponto de partida para a palestra sobre ‘Criptografia, dos Espiões ao Mundo da Internet’ que a Associação de Estudantes da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (AEFCUP) promove esta  quarta-feira, dia 20 de fevereiro, na FCUP.

Numa altura em que a Criptografia desempenha um papel essencial na transposição de um grande número de atividades do quotidiano  para o mundo digital, esta conferência propõe-se a desvendar e analisar o conjunto de protocolos criptográficos que estão hoje presentes nessas atividades banais do dia a dia. Pretende-se ao mesmo tempo introduzir uma reflexão sobre  a criptografia moderna enquanto campo de investigação quase exclusivo da Teoria dos Números, nos campos da da Matemática Pura como da Ciência de Computadores.

“Protocolos criptográficos”, “algoritmos criptográficos”, “criptografia simétrica” e “de chave pública” são assim alguns dos termos que serão “esmioçados” na FCUP. Termos que são comuns na linguagem de todos aqueles que de alguma forma têm que lidar com a nova realidade dos computadores e comunicações digitais.

A palestra tem como orador Rogério Reis e realiza-se no Anfiteatro 2 do Departamento de Ciência dos Computadores da Faculdade de Ciências, a partir das 16h30.

A entrada é livre ao público em geral.