Junta de Freguesia de Paranhos em visita à FEUP

A visita decorreu no passado dia 10 de maio e incluiu uma visita vários espaços da Faculdade de Engenharia. (Foto: DR)

A Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) recebeu, no passado dia 10 de maio, uma visita da Junta de Freguesia de Paranhos e de várias das suas associações desportivas, culturais e de solidariedade social. Esta iniciativa insere-se numa estratégia de aproximação que a direção da Faculdade de Engenharia da U.Porto (FEUP) tem vindo a reforçar junto das entidades que constituem o pólo da Asprela.

O Club Sportivo Nun’Álvares, a Academia de Música de Costa Cabral e a Associação Nacional de Ajuda aos Pobres (ANAP) são exemplos de algumas das associações que marcaram presença numa visita que incluiu uma breve apresentação da FEUP pelo Diretor, João Falcão e Cunha, e uma intervenção do Presidente da Junta de Freguesia, Alberto Machado, seguindo-se uma visita às instalações da Faculdade de Engenharia, passando por salas de aula, biblioteca, auditório, Laboratório de Instrumentação do Departamento de Engenharia Mecânica e Nave de Estruturas do Departamento de Engenharia Civil. Ao longo da visita guiada houve ainda oportunidade para se partilhar algumas das atividades e projetos de investigação desenvolvidos pela Faculdade.

João Falcão e Cunha reforça a importância deste tipo de iniciativas e da aproximação da Universidade às instituições e à comunidade envolvente da Faculdade de Engenharia: “Muitas pessoas que habitam em Paranhos, nossos vizinhos, ouvem falar da FEUP e até passam pela nossa porta todos os dias, mas desconhecem realmente o que somos e o que fazemos. Mostrar um pouco daquilo que aqui se faz aos líderes das principais associações de Paranhos vai permitir que os habitantes desta grande Freguesia talvez venham a sentir-se mais próximos desta nossa grande instituição de serviço público que visa a criação e a transmissão do conhecimento em Engenharia”.

De realçar que faz parte da visão estratégica da FEUP, “através da sua qualidade, inspirar bem-estar, ambição e pro-atividade para fazer sempre mais e melhor no seu serviço público, na prossecução dos objetivos de missão, na produção do saber e na sua transferência para a sociedade, a todos os que nela trabalham de forma permanente”. Este tipo de iniciativas vêm assim reforçar este sentido de visão.