Juan Bordes na FAUP para discutir o impacto dos brinquedos nas artes

Trabalho de Juan Bordes explora a ligação entre os processos educativos no campo artístico e os brinquedos.

Poderá um simples jogo educativo ajudar a moldar as diferentes formas de Arte? Em que medida é que os brinquedos influenciaram as vanguardas artísticas que marcaram o início do século XXI? É essa reflexão que o arquiteto e escultor Juan Bordes vai levar no próximo dia 27 de fevereiro, pelas 18h30, à Faculdade de Arquitetura da Universidade do Porto (FAUP), numa conferência integrada no âmbito da unidade curricular Architectural Toys – Processos Complementares de Reprodução Disciplinar em Arquitectura.

Nesta passagem pelo Auditório Fernando Távora da FAUP, o artista espanhol especializado na figura humana vai abordar a ligação existente entre os processos educativos no campo artístico e os brinquedos. Uma temática que tem explorado enquanto autor de livros como “Historia de la figura humana: el dibujo, la anatomía, la proporción, la fisiognomía”, “La infancia de las Vanguardias” e “Historia de los juguetes de construcción”, mas também como um dos mais importantes colecionadores deste tipo de artefactos.

Autor de várias exposições permanentes em cidades da Espanha e da América do Sul, Juan Bordes é também professor titular da Escuela Técnica Superior de Arquitectura de Madrid (ETSAM), investigador na Real Academia de Bellas Artes de San Fernando e encarregado da Calcografía Nacional.

Com entrada livre, a conferência “Los Juguetes Que Han Construído La Vanguardia” enquadra-se então no programa de “Architectural Toys…”, unidade curricular que, desde 2012, promove junto dos estudantes da FAUP a reflexão em torno da ligação entre os brinquedos e a arquitetura. “É possível desvendar uma narrativa educativa através do estudo dos brinquedos que começa no século XIX e que chega até à atualidade passando pelas principais etapas históricas da própria Arquitetura”, apresenta Marco Ginoulhiac, professor e mentor da disciplina, para quem “os brinquedos representam uma parte da cultura material onde se encontra a imagem refletida dos valores e dos sonhos de cada cultura e de cada disciplina, e a Arquitetura não é exceção”.