Jovem investigadora do ano em Microbiologia é da FFUP

Carla Rodrigues (à dir.) apresentou em 2017 a sua tese de doutoramento, focada na bactéria responsável pela pneumonia. (Foto: DR)

Carla Rodrigues, investigadora da Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto (FFUP), a desenvolver o pós-doutoramento no grupo Bac_Drugs Lab da Unidade de Ciências Biomoleculares Aplicadas (UCIBIO) do laboratório REQUIMTE (UCIBIO@REQUIMTE), foi distinguida pela Sociedade Portuguesa de Microbiologia (SPM) com a edição deste ano do “Prémio Jovem Investigador – Isabel Spencer Martins”, galardão que distingue os melhores investigadores doutorados em Microbiologia nos últimos dois anos.

A escolha do vencedor teve como base a análise do curriculum vitae dos candidatos. Os critérios de seleção incluem o número e o factor de impacto dos artigos publicados em revistas científicas. Foram ainda tidas em conta as publicações editadas em livro e as comunicações orais em congressos.

O prémio foi entregue durante o Congresso Nacional de Microbiologia e Biotecnologia (MicroBiotec’17), que decorreu na Universidade Católica do Porto entre 7 e 9 de dezembro. Na ocasião, Carla Rodrigues teve a oportunidade de apresentar parte do seu trabalho de doutoramento, no qual procurou compreender a base molecular que está na origem da expansão dos principais patógenos bacterianos multirresistentes (MDR), nomeadamente a Klebsiella pneumoniae, a bactéria responsável pela pneumonia.

No projeto intitulado “High resolution analysis of multidrug resistant Klebsiella pneumoniae: from key molecular drivers to clonal delineation” , a investigadora portuense  utilizou uma abordagem multidisciplinar, que combinou ferramentas convencionais com algumas das mais inovadoras técnicas de investigação em microbiologia. Deste trabalho resultou o desenvolvimento de uma ferramenta de digitação bacteriana rápida e de baixo custo, baseada na espectroscopia FT-IR e com potencial para aplicação e comercialização.

Os resultados obtidos por Carla Rodrigues foram publicados em várias publicações científicas de renome, incluindo o Journal of Antimicrobial Chemotherapy, o International Journal of Medical Microbiology, as revistas Emerging Infectious Diseases e Frontiers in Microbiology, entre outras.

Carla Rodrigues é licenciada (2010) e doutorada (2012-2017) em Ciências Farmacêuticas pela Faculdade de Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto. Durante o doutoramento, que desenvolveu no BacT_Drugs Lab group da UCIBIO, sob supervisão dos professores Luísa Peixe, Ângela Novais e Elisabete Machado , a investigadora foi ainda distinguida com uma FEMS Research Grant, que lhe permitiu desenvolver parte do trabalho no Departamento de Microbiologia do Hospital Universitario Ramón y Cajal, em Madrid (Espanha).

Sobre o prémio

O “Prémio Jovem Investigador”, no valor de 500 euros, foi instituído em 2009 e representa uma homenagem póstuma da SPM a Isabel Spencer-Martins, professora catedrática e responsável pelo Centro de Recursos Microbiológicos da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa.