José Carlos Caldeira vai presidir à Agência Nacional de Inovação

José Carlos Caldeira

José Carlos Caldeira, o novo presidente do Conselho de Administração da Agência Nacional de Inovação.

José Carlos Caldeira, antigo Diretor do INESC TEC e antigo estudante da Universidade do Porto, foi nomeado pelo Governo, através dos Ministérios da Economia e da Educação e Ciência, para presidir ao Conselho de Administração da Agência Nacional de Inovação, S.A. (ANI).

Ligado ao INESC no Porto desde 1987, ano em que concluiu a licenciatura em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores na Faculdade de Engenharia da U.Porto (FEUP), e membro da Direção do INESC TEC desde 2001, José Carlos Caldeira vai agora abraçar o desafio de liderar a nova agência pública.

“Este é um convite que muito me honra”, explica, a poucos dias de iniciar as novas funções. A ANI pretende assumir uma posição central entre a Ciência e a Economia. Assim, este novo cargo “representa a oportunidade e a responsabilidade de dar o meu contributo, de forma mais direta, num momento determinante para o desenvolvimento económico de Portugal e, em particular, para o Sistema Nacional de Inovação”, declara o futuro presidente da sucessora da Agência da Inovação (Adi).

Apesar de os indicadores disponíveis apontarem um Sistema Científico e Tecnológico Nacional (SCTN) em convergência acelerada com a média europeia, o País ainda não atingiu essa média, em especial no que respeita aos outputs tecnológicos e à intensidade tecnológica da economia. “Nestas áreas verifica-se mesmo uma necessidade premente de rápida aproximação entre a Ciência e a Economia e é nesta relação que a ANI vai apostar”, explica José Carlos Caldeira.

No âmbito da missão de promover a valorização do conhecimento e resultados da Investigação & Desenvolvimento (I&D) nacional, a ANI vai promover uma maior colaboração entre empresas e o STCN. A nova agência pública irá também estar fortemente ligada aos programas europeus de apoio à I&D e ao novo quadro comunitário de apoio (Portugal 2020). A COTEC Portugal – Associação Empresarial para a Inovação vai ser um dos parceiros estratégicos da ANI.

José Carlos Caldeira inicia as novas funções a 1 de outubro, deixando os cargos de membro da Direção do INESC TEC e de Administrador Executivo do PRODUTECH – Pólo das Tecnologias de Produção. A formação académica do futuro Presidente da ANI tem a chancela da U.Porto, onde concluiu, para além da licenciatura, também o mestrado em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores, na FEUP, em 1991.

Profissional ativo nas áreas das indústrias de produção, José Carlos Caldeira é membro do High Level Group da Plataforma Tecnológica MANUFUTURE e Chairman do seu National and Regional Technology Platforms Group. Integra também o Board da EFFRA – European Factories of the Future Research Association. José Carlos Caldeira é ainda Membro do Board of Directors do ISPIM – International Society for Professional Innovation Management e delegado nacional do NMP+B Programme Committee do HORIZON 2020. Desde 2012, o antigo Diretor do INESC TEC é perito em RIS3 da DG REGIO.