ISPUP realiza ação de sensibilização para idosos no Dia Europeu da Saúde Oral

dentistas

ISPUP assinala o Dia Mundial da Saúde Oral

A 12 de setembro comemora-se o Dia Europeu da Saúde Oral, uma data que será assinalada pelo Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto (ISPUP) com uma ação de sensibilização destinada a idosos, a realizar na SAOM – Serviços de Assistência Organizações de Maria, no dia 11 de setembro, sexta-feira, às 14h30.

O objetivo passa por promover um ação de proximidade que vai de encontro a uma população carenciada da cidade do Porto, não só devido à faixa etária em que se insere, mas também devido ao seu contexto socioeconómico, e alerta para a prática de hábitos que promovem a saúde oral.

A sessão será conduzida pela investigadora do ISPUP Maria de Lurdes Pereira e irá focar-se nos principais cuidados de higiene oral e de utilização e manutenção de uma prótese dentária que devem ser tidos em conta, bem como nos hábitos alimentares. A necessidade da observação frequente da cavidade oral, com vista à deteção de eventuais lesões malignas que numa fase precoce podem não manifestar sintomas, será também um aspeto em destaque.

A saúde oral na terceira idade é um fator indispensável para um envelhecimento saudável e consequentemente para uma boa qualidade de vida. As doenças orais mais prevalentes nestas faixas etárias são as cáries radiculares e a doença periodontal, doenças facilmente preveníveis que contribuem para a grande maioria das extrações dentárias. “Embora o edentulismo (falta de dentes) seja considerado por muitos um fenómeno natural do envelhecimento, podemos entender que é a consequência da falta de orientação e de cuidados com a saúde oral em todas as idades”, alerta a investigadora.

Este ano, o Council of European Dentists (CED), promotor da efeméride, realça a necessidade de aumentar a consciencialização sobre a importância da deteção e tratamento precoce do cancro oral e da importância do médico dentista na prevenção, diagnóstico e tratamento precoce de pacientes com cancro oral na União Europeia.

O cancro oral é o décimo cancro mais comum na Europa, com cerca de 75 000 novos casos diagnosticados em cada ano na União Europeia.