Investigadores do IPATIMUP inspiram peça de teatro

peça_biodegradaveis

Peça centra-se nos efeitos da passagem do tempo e nas estratégias que usamos para tentar superar os limites da biologia humana. (Foto: DR)

A companhia Visões Úteis, em parceria com o Teatro Nacional São João (TNSJ) e com a colaboração do Instituto de Patologia e Imunologia Molecular da Universidade do Porto (IPATIMUP) e do laboratório 3B’s (Biomateriais, Biodegradáveis e Biomiméticos) ligado à Universidade do Minho, estreia esta quinta-feira, dia 6 de novembro, no Teatro Carlos Alberto, no Porto, a peça “Biodegradáveis”.

Escrita a partir do contacto direto com investigadores dos dois centros de investigação, a peça centra-se nos efeitos da passagem do tempo sobre os corpos e nas estratégias que vão sendo encontradas e inventadas para tentar superar os limites da biologia humana.

O espetáculo, que vai estar em cena até 16 de novembro – de quarta a sábado às 21h30 e domingo às 16h00 -, surgiu do desejo de abordar o tema do envelhecimento, os limites do corpo e o modo como os avanços científicos vão alterando as expetativas individuais face à doença e à mortalidade, e a própria definição do que é o “humano”. Tudo isto resulta numa reflexão sobre o modo como a ciência vai modificando os nossos comportamentos, a imagem que temos de nós próprios, a forma como envelhecemos e o modo como representamos o mundo.

O bilhete normal custa 15 euros. Para reservas, condições especiais e descontos, aceder ao site do TNSJ.

Mais informações através do email mail@visoesuteis.pt.