Investigadores do INESC TEC galardoados pela APREN

Jorge Filipe e Rui Pinto

Jorge Filipe (à esquerda) recebeu o 1º prémio e Rui Pinto (à direita) uma menção honrosa. (Foto: APREN)

O investigador do INESC TEC, Jorge Filipe, venceu o “Prémio APREN 2015”, atribuído pela Associação Portuguesa de Energias Renováveis (APREN). Rui Pinto, também investigador do INESC TEC, recebeu uma menção honrosa. As dissertações de mestrado premiadas foram desenvolvidas enquanto estudantes da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP).

Jorge Filipe conseguiu o prémio com a tese Optimization Strategies for Pump-Hydro Storage and Wind Farm Coordination Including Wind Power Uncertainty, sob a orientação de Manuel Matos, investigador do INESC TEC e docente na FEUP, e coorientação de Ricardo Bessa, também investigador do INESC TEC.

Rui Pinto obteve menção honrosa com a dissertação intitulada Wind Power Forecasting Uncertainty and Unit Commitment  sob a orientação de Vladimiro Miranda, administrador do INESC TEC e docente da FEUP, e coorientação do Jean Sumaili e Leonel Carvalho, ambos investigadores do INESC TEC.

As dissertações foram desenvolvidas no âmbito de estágios curriculares no INESC TEC, incluídos no Mestrado em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores da FEUP e concluídas no ano letivo 2013/2014.

Os prémios foram entregues no dia 3 de dezembro na conferência “O Futuro da Energia”, promovida pela Associação Portuguesa de Energias Renováveis (APREN), que visa distinguir as melhores dissertações académicas no âmbito da temática da eletricidade de origem renovável.