Investigadores de todo o mundo discutem os segredos da longevidade no ICBAS

O Salão Nobre do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar (ICBAS) vai acolher no próximo dia 15 de junho, quarta-feira, a sessão inaugural do encontro anual do ICCInternational Centenarian Consortium, um consórcio de investigadores, líderes mundiais em matéria de longevidade excecional, que tem congregado esforços avançar na produção de conhecimento científico sobre a população centenária, a qual se encontra em crescimento exponencial nos países desenvolvidos.

O ICC Annual Meeting constitui um momento privilegiado para a discussão, numa lógica de reunião de trabalho, dos mais recentes avanços científicos referentes à longevidade excecional, tema de ciência emergente e de reconhecido interesse para Portugal. Este ano, o ICC conta com a presença de 35 investigadores oriundos de 13 países, dos quais se destacam, entre outros os professores Leonard Poon (Institute of Gerontology and Georgia Geriatric Education Center, University of Georgia, EUA),  Peter Martin (Iowa State University, EUA) e Yasuyuki Gondo (University of Osaka, Japão).

Portugal, que integra este consórcio de investigadores desde 2014, tem  vindo a contribuir com dados sobre a população centenária Portuguesa no âmbito do PT100 – Estudo dos Centenários do Porto (www.pt100.pt), o primeiro estudo de base populacional realizado no nosso país, sob coordenação de  Oscar Ribeiro e Constança Paúl, investigadores do CINTESIS – ICBAS.

A Sessão de abertura  doevento é aberta à comunidade científica e servirá também para apresentar uma perspetiva geral sobre o estudo da longevidade avançada em Portugal e no mundo.

Após a sessão de abertura, o evento prossegue de 15 a 19 de junho, no Hotel Eurostars Rio Douro (Castelo de Paiva), e terá como um dos temas de destaque as perturbações neurocognitivas no âmbito de um dos seus subgrupos de trabalho, o ICC Dementia, que compreende 17 estudos de centenários e quase-centenários da Ásia, Europa, América e Oceânia..