Investigadores da U.Porto vencem Prémio Novo Banco Inovação 2014

Equipa  inVitaSens

Equipa por detrás do inVitaSens  é composta por Alberto Araújo, Célia Gomes Amorim, Anabela Cordeiro e Conceição Branco. (Foto: DR)

O projeto inVitaSens, desenvolvido pelo grupo de Doenças Parasitárias do Instituto de Biologia Molecular e Celular (IBMC) e da Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto (FFUP) é o grande vencedor da 10.ª edição do NOVO BANCO Concurso Nacional de Inovação (antigo Prémio BES Inovação), um dos mais importantes galardões nacionais no campo da investigação científica e da inovação.

O inVitaSens tem como objetivo descobrir os melhores marcadores para identificar a leishmaniose, doença endémica que afeta cães e humanos. O trabalho de mais de uma década da equipa liderada por Anabela Cordeiro da Silva foi agora potenciado pela colaboração de Célia Gomes Amorim, Conceição Branco e Alberto Araújo, de que resultou a conceção de um kit de diagnóstico portátil que, utilizando unicamente uma gota de sangue, permite fazer o despiste da doença e decidir sobre o tratamento ou vacinação a aplicar. Mais eficaz do que os métodos de diagnóstico já existentes no mercado, o kit – cuja patente foi pedida com o apoio da U.Porto Inovação – permite ainda reduzir até 10 vezes o número de resultados falsos negativos (casos que ficam por diagnosticar).

Por ano, a Organização Mundial de Saúde estima que até dois milhões de pessoas em todo o mundo sejam infetadas pela leishmaniose, dados que tornam urgente o reforço do rastreio da doença junto dos reservatórios naturais (cão e humano) da doença. Para dar resposta a este apelo, os investigadores da U.Porto querem introduzir o kit inVitaSens no mercado veterinário em países onde a doença e de declaração obrigatória, a partir de 2017.

No total, a edição deste ano do NOVO BANCO Concurso Nacional de Inovação atribuiu 255 mil euros aos três projetos vencedores nas diferentes categorias do concurso. Para além do inVitaSens, premiado na categoria “Saúde, Serviços e Tecnologias da Informação e Comunicação” e vencedor absoluto do concurso, o júri – composto por reitores e vice-reitores das principais universidades do País – distinguiu  o aditivo BioMimetx, na categoria de “Recursos Naturais e Ambiente”, e o Betão UHPFCR, na categoria “Competitividade Industrial”

A cerimónia de entrega de prémios da décima edição do NOVO BANCO Concurso Nacional de Inovação decorreu no passado dia 27 de novembro, no Espaço NOVO BANCO.

Sobre o NOVO BANCO Concurso Nacional de Inovação

Lançado pela primeira vez em 2005, o NOVO BANCO Concurso Nacional de Inovação tem como objetivo divulgar e premiar projetos de investigação, aplicada aos setores críticos para o futuro da economia Português, tais como a energia renovável, saúde e os processos industriais. O processo de avaliação das candidaturas tem em conta critérios como o impacte potencial dos resultados do projeto na competitividade empresarial, a excelência científica e caráter inovador do projeto ou a credibilidade da empresa, instituição de I&D ou inventor.

  • Edmundo Caldas Vilar

    Foi com enorme satisfação que li esta notícia sobre o premio considerado como um dos importantes galardões nacionais no campo da investigação científica e da inovação atribuido a dois professores que conheci na minha Faculdade de Farmácia da R, Aníbal Cunha, Para a Conceição Branco e para o Alberto Araújo aqui vai num sincero abraço de parabéns do Edmundo VIlar