Investigadores da U.Porto fazem retrato das doenças reumáticas em Portugal

A obra reúne os contributos de especialistas de diferentes áreas ligadas ao campo das doenças musculoesqueléticas.

No próximo dia 30 de abril, às 18h30, será apresentado publicamente na Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Nova de Lisboa, o livro “Doenças Reumáticas em Portugal: da Investigação às Políticas de Saúde”, desenvolvido por um grupo de peritos que inclui investigadores da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP) e do Instituto de Saúde Pública da U.Porto (ISPUP).

A obra resulta de um desafio lançado pelo Observatório Nacional das Doenças Reumáticas (ONDOR) e tem como base uma reflexão sobre o estado da arte, transmitindo perspetivas futuras relativamente a diversos temas na área da reumatologia. O objetivo passa por proporcionar um enquadramento multidimensional em torno do impacto das doenças musculoesqueléticas em Portugal.

O resultado final, agora reunido em livro, inclui os contributos de especialistas de diferentes áreas como a reumatologia, a medicina geral e familiar, a saúde pública, a economia da saúde, a sociologia, a saúde ocupacional, bem como representantes da sociedade civil.

Sobre o ONDOR

O Observatório Nacional das Doenças Reumáticas é um projeto que resulta de uma parceria entre a Sociedade Portuguesa de Reumatologia e a FMUP. Tem como missão proporcionar uma atenção contínua aos problemas da reumatologia portuguesa, nomeadamente na sua inserção na reumatologia internacional, de modo a recolher, produzir e divulgar informação de qualidade, a diferentes níveis de especialização, destinada tanto aos clínicos como aos decisores em saúde, e até ao público em geral.

O conjunto de atividades que constituem a função do Observatório compreende a recolha e o tratamento de informações de rotina, recorrendo ao largo espetro das estatísticas de saúde, demográficas e sociais publicadas em Portugal e por organizações internacionais, mas também a produção de informação a partir da colaboração com as entidades prestadoras de cuidados de saúde.