Investigadora do i3S ajuda doentes a compreender o cancro

paula-silva

Paula Silva desenvolveu as brochuras a partir de entrevistas a doentes oncológicos. (Foto: DR)

Partindo de entrevistas a doentes oncológicos, a investigadora Paula Silva, da Unidade de Comunicação do Instituto de Patologia e Imunologia Molecular da Universidade do Porto (Ipatimup), atualmente integrado no Instituto de Investigação e Inovação em Saúde (i3S) da Universidade do Porto, coordenou a elaboração de brochuras sobre cancros do cólon, esófago, mama, próstata, pulmão, estômago, bexiga e tiróide. O projeto chama-se «Conhecer a doença: os doentes em primeiro lugar», foi financiado pela Fundação Calouste Gulbenkian (FCG) e entrecruza a oncologia, as ciências sociais e a biomedicina.

A vivência, as dúvidas e a iliteracia dos doentes em relação ao cancro impulsionaram a elaboração das brochuras com uma linguagem acessível e educativa, capaz de desconstruir medos, mitos e termos médicos habitualmente incompreensíveis. Estes booklets foram construídos com o objetivo de serem distribuídos a doentes com aqueles tipos de cancro e têm a chancela da Direção Geral de Saúde (DGS), que os disponibilizará no seu website. Estão também a decorrer negociações com a ARS Norte e a ARS do Alentejo, no sentido destes booklets ficarem acessíveis aos doentes com diagnóstico de malignidade.

bookletsA estrutura das publicações é composta por uma série de temas de interesse para a realidade da doença oncológica: fatores de risco, sinais e sintomas, o diagnóstico, o relatório (com uma explicação dos termos médicos mais utilizados no exame anatomopatológico) e o tratamento. Para além dos aspetos clínicos, o cancro “na primeira pessoa” – através das narrativas da experiência da doença – integra o tópico «Outras dimensões da doença». Nas «Informações úteis» incluem-se questões relativas aos direitos dos doentes oncológicos e contactos de instituições cuja atividade se desenvolve no domínio do cancro (nomeadamente associações de doentes).

Os conteúdos foram elaborados por especialistas de várias áreas (anatomia patológica, cirurgia, endocrinologia, gastrenterologia, nutrição, oncologia, pneumologia, urologia, psicologia e sociologia) e posteriormente validados pelos entrevistados.

Os resultados do projeto «Conhecer a doença: os doentes em primeiro lugar» e os booklets serão apresentados no dia 15 de novembro, nas instalações do i3S. Integrado neste evento, realizar-se-á também uma dinâmica de grupo que contará com a presença dos doentes entrevistados, profissionais de saúde e da comunicação social, para além de responsáveis da tutela. O programa completo pode ser consultado aqui.

Para informações de interesse profissional ou académico sobre esta temática, poderá contactar a investigadora Paula Silva através do e-mail psilva@ipatimup.pt.