Investigação em hidratação da FCNAUP premiada em Espanha

beber

Os trabalhos premiados focam a importância da hidratação na prática desportiva, mas também na alimentação das crianças e dos idosos. (Foto: DR)

A Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto (FCNAUP) conquistou três prémios para melhor comunicação oral apresentada durante o II Congresso Internacional e IV Congresso Espanhol de Hidratação, que teve lugar de 2 a 4 de dezembro em Toledo, Espanha.

Dos cinco trabalhos de investigação submetidos pela FCNAUP, um foi apresentado sob a forma de póster e quatro foram apresentados em formato de comunicação oral em três dos 12 painéis do congresso, todos eles ligados à área da hidratação. O destaque vai para os artigos “Hydration status and water sources in 9-10 year soccer players” (L. Rodríguez, AR. Azevedo, A. Seabra, P. Padrão, P. Moreira), “Hydration status and associated dietary factors in children” (M. Neto, M. Pinto, AC. Oliveira, P. Padrão, A. Moreira, P. Moreira) e “Hydration status and water sources in free-living physically active elderly” (A. Gonçalves, J. Silva, J. Carvalho, P. Moreira, P. Padrão), considerados a melhor comunicação oral apresentada nas categorias de “Dehydration, rehydration and electrolyte balance in sports performance”, “Hydration in children and adolescents” e “Hydration in elderly people”, respetivamente.

Cada equipa foi distinguida com um prémio de 300 euros. Divulgados na edição de dezembro de 2015 da revista “Nutricion Hospitalaria” e também disponíveis no PubMed, os trabalhos premiados serão agora publicados na forma de full paper na Revista Espanhola de Nutrição Comunitária.

O II Congresso Internacional e IV Congresso Espanhol de Hidratação contou com a participação de 700 especialistas de todo o mundo que, ao longo de três dias, analisaram, aprofundaram e debateram os mais recentes trabalhos científicos sobre o papel da hidratação na saúde. Ao todo estiveram representadas 77 entidades ligadas a áreas tão diversas como a nutrição, dietética, medicina, farmacologia, atividade física e ciências do desporto, investigação e ensino.