Interações à nanoscala: formação de topo decorre esta semana no Porto

Primeiro dia de trabalhos

Primeiro dia de trabalhos

O curso “EMBO Practical Course on Biomolecular interaction analysis: From molecules to cells” que se está a realizar esta semana é o primeiro curso pratico com o carimbo da EMBO organizado no enquadramento na Universidade do Porto e dos poucos já organizados em Portugal. Esta formação conta com  25 estudantes de 19 países Europeus e Israel que se deslocaram ao Porto para aprenderem com 20 eminentes investigadores da Europa e dos EUA.

Os cursos práticos promovidos pela EMBO visam acelerar a transferência de métodos e técnicas emergentes para um amplo número de laboratórios e centros de investigação. “Ao participarem nestes cursos, os formandos recebem formação teórica de ponta e treino prático com os melhores”, explica Paula Sampaio, do IBMC e uma das coordenadoras nacionais do curso. Os formadores incluem cientistas que desenvolveram ou que foram pioneiros na técnicas. “É o caso do alemao Dieter Braun, inventor da Microscale Thermophoresis (MST), ou os maiores especialistas da “Isothermal Titration Calorimetry (ITC)”, o espanhol Adrián Velazquez-Campoy, e de técnicas de microscopia avançada de analise molecular,  Ammasi Periasamy dos EUA”, exemplifica Paula Sampaio. Todos eles passarão esta semana pelo Porto.

Curso EMBO no Port

Curso EMBO no Port

Tecnologias de ponta como as abordadas neste curso surgem muitas vezes da colaboração entre a academia e empresas. A formação, que abrange as áreas de Proteínas, Bioquímica, Biologia Estrutural, Biofísica e Microscopia, inclui treino prático com os mais avançados equipamento tecnológicos, alguns dos quais foram cedidos por uma série de fabricantes. Na verdade, “o evento conseguiu o apoio de 8 empresas internacionais que instalaram os mais modernos equipamentos que assim ampliam a capacidade já instalada no Instituto, garantindo mais equipamentos para uma aprendizagem hands on com o apoio técnico de especialistas”, refere Frederico Silva, outro dos coordenadores nacionais. E adianta que, “estão já nas instalações do IBMC um aparelho de MST da Nanotemper, vários calorímetros de ITC da Malvern, um GE Biacore™ T200, e um sistema de microscopia confocal Leica TCS SP8 SMD que possui a configuração mais avançada para análise de interações moleculares, por técnicas como FRET-FLIM e FCS”.

O curso realiza-se no IBMC, entre o 24 e o 28 de Novembro. Este curso aborda, de modo multidisciplinar e integrado, o estado da arte dos métodos de análise das interações entre moléculas de sistemas biológicos.  Aliás este é um ponto forte do curso, pois coordena várias abordagem in vitro, com abordagens in vivo.