Inovação e Alumni da U.Porto apoiam estudantes carenciados

O cheque de 10 mil euros foi entregue numa cerimónia simbólica, no edifício da Reitoria. (Foto: U.Porto)

Fundo de Ação Social da Universidade do Porto recebeu esta quinta-feira, 4 de janeiro, um cheque no valor de 10 mil euros, correspondente à importância angariada na 3.ª Gala da Inovação da Universidade do Porto e que será aplicada no apoio aos estudantes da U.Porto com maiores carências económicas.

Como referiu Sebastião Feyo de Azevedo, Reitor da Universidade, esta é mais uma “demonstração do esforço da Universidade em ser cada vez mais ativa no voluntariado e na ação social”. O cheque foi entregue a Manuel Barros, diretor dos Serviços de ação Social da U.Porto (SASUP), por Clara Martins e Maria Oliveira, coordenadoras dos Gabinetes Alumni e U.Porto Inovação.

O diretor dos SASUP agradeceu e aplaudiu a iniciativa que, pelo terceiro ano consecutivo, contribui para uma causa tão importante – a Ação Social – ” que está a assumir uma importância crescente, a avaliar pelos complexos desafios que pressupõem novas respostas, e pressupõem modelos inovadores de organização, de gestão e de financiamento”. É por isso que donativos como os que a Gala da Inovação angaria são “um excelente exemplo” para se construir “uma dinâmica de sustentabilidade da Ação Social, centrada na capacidade de garantir o crescimento das receitas próprias, assente numa proximidade crescente com os estudantes e do associativismo estudantil, através de uma efetiva transversalidade institucional com base no envolvimento da comunidade académica da U.Porto”, concluiu  Manuel Barros.

Já Carlos Melo Brito, pró-reitor que tutela o Gabinete Alumni e a U.Porto Inovação, afirmou que “o contributo agora dado aos SASUP, fruto da receita gerada na Gala da Inovação, reflete uma atitude de responsabilidade social que pretendemos que esteja presente no domínio da inovação. O empreendedorismo não se resume às start-ups, à tecnologia, envolvendo também uma afetação da riqueza gerada em prol dos que mais necessitam. Por isso, entendemos que cabe à Universidade do Porto dar o primeiro passo nesse sentido”, aponta o responsável.

Presentes na cerimónia simbólica, que teve lugar no edifício da Reitoria, estiveram também o pró-reitor Manuel Fontes de Carvalho, bem como representantes do Banco Santander, que entregaram o valor do Prémio de Inovação Tecnológica ao investigador Adélio Mendes.

À semelhança do que já havia acontecido em 2015 e em 2016, este foi um momento muito importante e que vai ao encontro dos objetivos e missão da Universidade do Porto. A Gala da Inovação é uma iniciativa organizada pelos Alumni e pela U.Porto Inovação para celebrar a aposta que a U.Porto vem fazendo no domínio da sua Terceira Missão, nomeadamente ao nível da aproximação ao tecido empresarial.

A terceira edição da Gala da Inovação aconteceu em outubro de 2017 no Museu do Carro Elétrico e reuniu perto de 300 empresários, investigadores, empreendedores e investidores. O evento contou com várias entidades parceiras, destacando-se a este nível o apoio da Fundação Amadeu Dias e do Santander Universidades e a parceria da EFACEC e da Cooprofar-Medlog.