INESC TEC: tecnologia inovadora potencia aumento de vendas até 21% no retalho

Plataforma 'CreativeRetail' é direcionada ao setor da moda. Créditos foto: Creativesystems.

Plataforma ‘CreativeRetail’ é direcionada ao setor da moda. Créditos foto: Creativesystems.

O futuro do retalho passa pela utilização de tecnologia RFID (identificação por rádio frequência), para otimizar a gestão do ciclo do retalho. É com base nesta tecnologia que foi desenvolvida a plataforma ‘CreativeRetail’, que resulta, por um lado, numa melhor satisfação do cliente final e, por outro, num aumento das vendas entre 4 a 21% para as lojas ou cadeias de lojas.

Desenvolvido pela Creativesystems com o apoio do INESC TEC, o ‘CreativeRetail’ é um produto inovador para gestão e controlo de stocks no retalho, que parte da utilização de novas tecnologias e de novos paradigmas da computação em ambientes inteligentes para oferecer a máxima visibilidade dos produtos em toda a cadeia de abastecimento e, ao mesmo tempo, estimular a interação com o cliente.

A participação do INESC TEC no projeto envolveu duas grandes áreas de trabalho – o desenvolvimento de sistemas de recomendação e a análise da gestão de desempenho. As suas maiores vantagens são: o aumento do controlo dos produtos rececionados, a redução do tempo de contagem de stock, a maior visibilidade da localização dos produtos na loja, uma reposição rápida e eficaz, a redução das situações de out-of-stock, a disponibilidade dos funcionários para maior atenção ao cliente e a melhoria da taxa de conversão.

“Ao maximizar a visibilidade dos produtos (ao nível do item) em toda a cadeia de fornecimento (produção, logística e loja), o CreativeRetail aporta ao retalho importantes ganhos de eficiência. Através de uma reposição rápida, correta e simples, permite disponibilizar mais rapidamente os produtos nas prateleiras da loja, minimizando-se os erros humanos e otimizando-se custos. Adicionalmente, esta solução estimula uma maior interação com o cliente, um atendimento mais rápido e um maior índice de satisfação do cliente”, explica Rui Rebelo, responsável do projeto por parte do INESC TEC.

A plataforma, direcionada ao retalho de moda – vestuário e calçado – tem flexibilidade para poder servir pequenas ou grandes organizações e oferece um melhor controlo do processo que leva os produtos e artigos da fábrica ao cliente final, passando pelo centro de distribuição.

De acordo com Pedro França, diretor de inovação da Creativesystems, “através do uso desta solução inovadora, o retalhista assegura uma gestão mais direta e transparente de toda a cadeia de fornecimento, passando a tomar decisões baseadas em dados mais fiáveis e em tempo real”.

O projeto, desenvolvido em dois anos, conta com um investimento na ordem do meio milhão de euros, financiado pelo QREN (Quadro Comunitário de Apoio), no âmbito do programa operacional do Norte (ON2).