INESC TEC participa em projeto pioneiro para exploração subaquática

INESC TEC, Minerália e EDM são os três parceiros portugueses deste projeto europeu

INESC TEC, Minerália e EDM são os três parceiros portugueses deste projeto europeu. (Foto: Flickr)

O projeto de Investigação & Desenvolvimento (I&D) ¡VAMOS! (Viable Alternative Mine Operating System), que se iniciou no passado mês de fevereiro, no âmbito do programa Horizonte 2020, vai ter a duração de 42 meses e envolve em Portugal três parceiros, o INESC TEC (INESC Tecnologia e Ciência), a Minerália e a Empresa de Desenvolvimento Mineiro (EDM). Tem um orçamento de €12,6M.

O objetivo do ¡VAMOS! é desenvolver um protótipo robótico para exploração subaquática, assim como o equipamento associado de lançamento e recolha que serão usados para levar a cabo testes sobre depósitos minerais em quatro locais diferentes na União Europeia. Dos quatro locais, três são depósitos minerais submersos em terra e o quarto no mar.

O protótipo baseia-se em técnicas de mineração em mar profundo, pelo que vai garantir uma opção mais segura e menos poluente para o aproveitamento económico de depósitos minerais que atualmente não são exploráveis por métodos tradicionais.

“O papel do INESC TEC neste projeto vai consistir, por um lado, na melhoria da tecnologia de perceção, navegação, posicionamento e consciência espacial em ambientes subaquáticos, e por outro, na garantia de uma solução integrada para a monitorização, em tempo real, dos parâmetros associados a um impacto ambiental”, refere Eduardo Silva, responsável pelo ¡VAMOS! por parte do INESC TEC.

A EDM e a Minerália são responsáveis por providenciar acesso a dois dos locais de teste em ambiente terrestre submerso em Portugal.

Sob a coordenação do BMT Group Ltd e gestão técnica do Soil Machine Dynamics Ltd, o projeto conta com um consórcio de 17 parceiros pertencentes a nove países europeus – INESC TEC, Minerália Lda e Empresa de Desenvolvimento Mineiro SA (Portugal), Soil Machine Dynamics Ltd, Fugro EMU Limited, Marine Minerals Ltd (Reino Unido), Damen Shipyards Group e Trelleborg Ede Bv (Holanda), Zentrum für Telematik e.V. e Sandvik Mining and Construction G.m.b.H (Alemanha), Montanuniversität Leoben (Áustria), Geological survey of Slovenia (Eslovénia), La Palma Research Centre for Future Studies (Espanha), European Federation of Geologists (Bélgica), Federalni zavod za Geologijo e Fondacija za obnovu I razvoj regije Vareš (Bósnia e Herzegovina).