INESC TEC e FEUP supervisionam sondas que medem a qualidade do sinal da TDT

O INESC TEC e a Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) estão encarregados da supervisão técnica de uma rede de sondas para a monitorização em permanência da qualidade do sinal da Televisão Digital Terrestre (TDT). O trabalho faz parte do projeto ICP-ANACOM, com o regulador português das comunicações.

As funções desempenhadas pelo INESC TEC e pela FEUP envolvem o acompanhamento técnico-científico do projeto, “garantindo que as decisões técnicas tomadas são as adequadas nas suas diversas fases, desde a sua conceção, desenvolvimento e implementação, testes e validação da solução integrada”, explica Henrique Salgado, investigador no INESC TEC e docente na FEUP

O projeto ICP-ANACOM procura identificar, de uma forma eficaz, eventuais problemas associados à má receção do sinal de TDT em diversas regiões de Portugal. A fase piloto teve início em dezembro do ano passado, com a instalação de quatro sondas, às quais se juntarão faseadamente mais 382, repartidas por diversos locais do território continental, das 400 que irão ser fornecidas. O equipamento, desenvolvido pela Ubiwhere e pela Wavecom, permitirá monitorar 24 horas por dia o sinal de TDT, sendo essa informação enviada por comunicação 3G para um servidor central para armazenamento.

O projeto ficará terminado em meados de maio deste ano “e os dados daqui resultantes servirão igualmente para suportar o planeamento de uma rede de multifrequência para transmissão da TDT em Portugal, com vantagens ao nível de redução de interferências e consequente melhoria da receção do sinal de televisão digital”, acrescenta Henrique Salgado.