INESC TEC cria novo Núcleo na Universidade Aberta

A UAb

O INESC TEC possui Núcleos na UAB e no IPB.

O INESC TEC assinou no dia 21 de abril, no edifício sede, um protocolo que estabelece a criação de um Núcleo na Universidade Aberta (UAb). O Núcleo formaliza e institucionaliza uma colaboração que já existe há alguns anos com elementos da UAb (que era já considerada entidade parceira), dando continuidade à investigação em áreas como os sistemas inteligentes de apoio ao ensino virtual.

Tutores virtuais ou sistemas de apoio a procedimentos e acessibilidades, são algumas das principais áreas e tecnologias em que os investigadores vão trabalhar porque “não há ensino sem investigação”, sustenta o reitor da UAb, Paulo Maria Bastos da Silva Dias. “A criação deste Núcleo é um primeiro passo numa nova era no domínio da investigação e desenvolvimento numa área importante para nós, muito aplicada à questão do ensino”, acrescenta.

Para o Administrador do INESC TEC, Vladimiro Miranda, a formalização do Núcleo favorece ambas as partes. “A UAb é uma grande conhecedora do que é o fenómeno da educação à distância e nós somos provedores de tecnologias e suportes ao ensino e-learning”.

A UAb é a única instituição de ensino superior público à distância em Portugal. Está presente em 31 países, tem 7 mil alunos e cerca de 200 professores.

Depois do Instituto Politécnico de Bragança (IPB) no ano passado, este é o segundo Núcleo que o INESC TEC constitui. O Laboratório Associado já está presente em outros cinco polos: na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (FCUP); na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP), no Instituto Superior de Engenharia do Porto (ISEP), na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) e na Universidade do Minho (UMinho), sendo os dois últimos Parceiros Privilegiados.

A Universidade do Porto (U.Porto), o  Instituto Politécnico do Porto (P.Porto) e o  Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores (INESC) são associados do INESC TEC.