INESC TEC apoia plataforma de partilha de material entre estudantes

Plataforma desenhada por alumni da FEUP já se encontra online e é amplamente utilizada por estudantes portugueses.

A falta de ferramentas de suporte ao estudo colaborativo foi o ponto de partida para a criação da Grabmark, uma plataforma de partilha e troca de material de estudo entre estudantes. Depois de ter conquistado um lugar no IdeaMove, competição de ideias de negócio promovido pelo projeto TEC Empreende, a nova start-up recebeu o apoio do INESC TEC, ao nível do desenvolvimento e implementação do projeto empresarial.

Fomentar a colaboração, premiar os melhores e facilitar a partilha de conhecimento para uma melhor educação e aprendizagem são os principais objetivos da empresa, que tem ao longo deste último ano testado e validado o conceito através de implementações piloto em alguns cursos de engenharia da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP).

“A colaboração e ajuda [do INESC TEC] permitiu aos promotores da Grabmark colmatarem a relativa inexperiência na área da gestão e estratégia empresarial”, reconhece Pedro Neves, um dos promotores do projeto. “Consideramos que a participação de Alexandra Xavier [Coordenadora de Unidade no INESC TEC) é um dos fatores preponderantes nos bons resultados que temos vindo a obter”, acrescenta.

A plataforma, que começou a ser desenhada em 2011 por Alexandre Sousa, Dinis Félix, Pedro Neves e Bruno Gonçalves (ex-alunos da FEUP), já se encontra online e é amplamente utilizada por estudantes portugueses. O interface é utilizado pelos alunos para colocarem e esclarecerem as suas dúvidas rápida e eficazmente, num sistema de entreajuda de todos os utilizadores do Grabmark.

O sucesso da plataforma em Portugal ditou a ambição de expansão para outros mercados. “O Brasil faz parte do nosso roadmap e é bastante natural para nós devido a vários fatores, nomeadamente a língua portuguesa, que permite capitalizar os conteúdos académicos já existentes na plataforma”, explica Pedro Neves. A empresa, recém-criada, está agora a estabelecer contactos e a fechar negociações que serão muito importantes para a concretização da estratégia de crescimento desenhada pelos seus promotores.