Ideias que quebram barreiras da ciência em debate na U.Porto

i3s_investigadoresEsta sexta-feira, dia 15 de julho, a Universidade e a cidade do Porto serão palco para um desfilar de ideias que estão a revolucionar a comunidade científica. O evento, denominado “Quebrar os Limites da Ciência”, irá promover um espaço de debate sobre temas que terão impacto máximo nas próximas gerações. A inovação em áreas da saúde, como a imunologia, o envelhecimento, as neurociências, a oncobiologia e a nanotecnologia serão apenas alguns dos temas explorados pelo conjunto de especialistas internacionais com presença confirmada no GABBA Annual Symposium 2016.

Este encontro promovido pelos estudantes de um dos programas doutorais mais antigos em Portugal, o programa GABBA, terá lugar no Salão Nobre do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar/Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto (ICBAS/FFUP). Entre os convidados estará Renata Pasqualini, investigadora da Universidade do Novo México (EUA), conhecida pelo seu trabalho na descoberta de novos alvos para o diagnóstico e tratamento do cancro.

Mas outros investigadores de renome merecem também destaque. É o caso de Mark Headley, da Universidade da Califórnia (EUA), que descobriu recentemente o recrutamento do sistema imunitário por células tumorais em circulação; ou o português João Passos, do Instituto para a Investigação em Envelhecimento da Universidade de Newcastle (RU), ele próprio antigo estudante do programa GABBA e que foi recentemente notícia por ter descrito o rejuvenescimento de células humanas.

Ainda na área do envelhecimento, marcará presença a neurocientista Cláudia Cavadas, do Centro de Neurociências e Biologia Celular da Universidade de Coimbra (PT), que recentemente descobriu um mecanismo capaz de bloquear ou até reverter o envelhecimento precoce associado ao Síndrome de Hutchinson-Gilford. Da área da imunologia destaca-se Tim Sparwasser, da Escola Médica de Hannover TWINCORE (DE), médico conhecido pelo seu trabalho inovador no qual propõe a utilização de moléculas de origem microbiana para modular o nosso sistema imunitário, sendo assim um potencial tratamento para doenças infeciosas.

Finalmente, a área da nanotecnologia será representada por Samuel Sánchez, do Instituto para Bioengenharia da Catalunha (ES), que desenvolve nanorobôs com alta potencialidade para aplicação na imagiologia e tratamento de doenças como o cancro.

À semelhança de anos anteriores, este Simpósio é de participação gratuita, e tem como objetivo divulgar a estudantes, comunidade científica e ao público em geral o trabalho mais recente de alguns dos melhores investigadores a nível nacional e internacional. O registo pode ser efectuado em no sítio do evento.

Sobre o Programa GABBA

Criado em 1996, o GABBA, Programa Graduado em Áreas da Biologia Básica e Aplicada, é pioneiro na formação avançada de um grupo de mentes jovens e criativas. Reúne as competências científicas da Faculdade de Ciências (FCUP), Medicina (FMUP), Instituto de Ciências Biomédicas de Abel Salazar (ICBAS), bem como do Instituto de Biologia Molecular e Celular (IBMC), Instituto de Engenharia Biomédica (INEB) e Instituto de Patologia e Imunologia Molecular (IPATIMUP) da Universidade do Porto, três organismos atualmente reunidos no Instituto de Investigação e Inovação em Saúde da U.Porto (i3S).