ICPC 2019: O evento que vai fazer do Porto a capital mundial da inovação

A final do ICPC 2019 será o ponto alto de uma semana preenchida com um vasto programa dedicado à tecnologia e à inovação. (Foto: DR)

Após quatro décadas a colocar frente-a-frente alguns dos mais notáveis jovens programadores de universidades de todo o mundo, em 2019, a grande final mundial do International Collegiate Programming Contest (ICPC) está a chegar finalmente a Portugal e cabem à Universidade do Porto as honras de anfitrião. Porém, nem só da grande final, agendada para dia 4 de abril, se fará a passagem pelo Porto da maior e mais antiga competição de programação universitária do mundo. Do dia 1 ao dia 6, a cidade Invicta vai ser uma autêntica capital mundial da tecnologia e da inovação, em resultado de um amplo leque de iniciativas à espera de todos os participantes e possíveis interessados.

Uma competição de programação organizada pela Faculdade de Ciências da U.Porto (FCUP), a edição 2019 das Olimpíadas Nacionais de Informática, uma hackathon, encontros privilegiados entre grandes empresas e jovens empreendedores, conferências sobre o futuro da tecnologia, debates sobre o mercado único digital – eis alguns dos condimentos do preenchido programa de eventos – a decorrer na Alfândega do Porto e no Porto Innovation Hub – que vão “apadrinhar” a realização na cidade da grande final do ICPC 2019. Conheçamo-los, um por um.

No dia 1 de abril, arranca na Alfândega do Porto a Start & Scale Weekuma iniciativa da ScaleUp Porto de entrada livre (mediante inscrição prévia) para “a promoção da inovação, do empreendedorismo e da tecnologia”. O ponto de partida é uma conferência com o título “Developing skills for the future tech industry”, mote para que convidados nacionais e internacionais discutam sobre como novas gerações vão influenciar o futuro da tecnologia. Ao longo do mesmo dia, vão também decorrer na Alfândega do Porto as Olimpíadas Nacionais de Informática 2019, uma competição coorganizada pela FCUP e que visa “promover o gosto pela programação e pelas tecnologias de informação” em jovens do Ensino Secundário, através da resolução de problemas “com recurso às linguagens C, C++, Pascal ou Java. Os quatro mais talentosos jovens informáticos vão poder representar Portugal nas Internacional Computing Olympiads, que se realizam em Agosto, no Azerbaijão.

O dia 3 de abril promete ser um dos mais movimentados da semana e, desde logo, começa com uma maratona de programação – uma hackathon. O “Hackacity Porto”, que conta com o apoio da FCUP, é um evento de big data que vai desafiar os participantes a recorrer ao volume de dados gerados pela cidade do Porto e a usá-los para “criar instrumentos, análises e modelos” que ofereçam soluções práticas e permitam melhorar a qualidade de vida dos cidadãos. Uma prova aberta a todos, mas com inscrição prévia aqui. Ainda no mesmo tema, a Start & Scale Week 

Em paralelo, vai decorrer um novo torneio de programação – o ToPAS – destinado a estudantes do Ensino Secundário, desta feita uma iniciativa do Departamento de Ciência de Computadores (DCC) da Faculdade de Ciências da U.Porto. Para este concurso, o DCC desenvolveu um avaliador automático ao qual devem ser submetidas as provas de cada uma das equipas em competição e que será supervisionado por um júri. Este torneio exige “destreza na resolução de problemas, bons conhecimentos de algoritmos, rapidez de programação e bom espírito de equipa”, mas o mais importante é mesmo proporcionar aos jovens programadores uma oportunidade de expandir “conhecimentos e capacidades de resolução de problemas e de informática.” Ainda neste dia, as conferências Start & Scale propõem uma reflexão sobre cibersegurança. A participação é gratuita e tem inscrição prévia aqui.

O dia seguinte, 4 de abril, é o da grande final mundial do ICPC e sobre ela estarão concentradas quase todas as atenções. Em paralelo, o programa da Start & Scale Week prossegue com encontros entre startups e grandes empresas, num diálogo que pode servir como base para colaborações futuras.

A 5 de abril regressam as conferências, porém, a organização promete que esta não será uma conferência convencional. Desta feita no Porto Innovation Hub, e através de contacto pessoal direto com pessoas da área, os participantes vão ter a possibilidade de aprender diferentes formas de financiar a sua empresa . A entrada é livre, mas exige inscrição prévia.

Esta semana dedicada à tecnologia e à inovação fecha com a conferência “Scaleup for Europe – There’s a Market in cities”, que terá também lugar no Porto Innovation Hub. Os desafios e as oportunidades de um mundo cada vez mais urbano suscitam a questão que é colocada aos participantes do “Scaleup for Europe”: “Como poderemos nós trabalhar juntos, fazer negócios e melhorar a qualidade de vida das cidades?” A agenda para este dia divide-se por vários pontos de discussão, que incluem debates sobre a possível necessidade de grandes empresas, startups e cidades colaborarem, o mercado único digital, ou a concepção da cidade como um “hub de oportunidades.” A entrada é também livre e a inscrição está disponível aqui.

Há também workshops para todos os gostos, sobre temas como: “Introduction to Robotics with Legos” (no dia 3 de abril), “IOT | Dash Button with Esp8266”“Start Lightning with Arduino” (ambos no dia 4 de abril), todos de entrada livre, mas com inscrição prévia.