i3S apresenta tecnologias do futuro na área da Saúde

No âmbito da semana Start&Scale Porto, o i3S – Instituto de Investigação e Inovação em Saúde da Universidade do Porto vai reservar uma tarde para mostrar ao público mais de dezena e meia de tecnologias que estão a um passo de transitarem para a clínica e que têm em comum o facto de estarem a ser apoiadas pelo RESOLVE, o programa de aceleração de tecnologias do i3S  A mostra, denominada RESOLVE tecHospital decorre já esta sexta-feira, dia 2 de junho, entre as 14h00 às 17h00, nas instalações do i3S, e é aberta a todos os interessados.

Segundo João Cortez, da equipa RESOLVE, o RESOLVE tecHospital «pretende expor e demonstrar os projetos que o Programa tem vindo a apoiar entre 2016 e 2017 num formato inovador, de Hospital do Futuro, apresentando tecnologias inovadoras para as diversas especialidades médicas». .

O RESOLVE é um Programa de ignição na área da saúde para apoio à transferência de conhecimento científico e tecnológico de projetos inovadores promissores em estágio inicial. , respondendo a desafios sociais prementes», refere Hugo Prazeres, também da equipa RESOLVE.

Assim, na área da Oncologia, serão apresentados os seguintes projetos: «EasyBiospy» (Dispositivo de Isolamento de células tumorais circulantes), «OncoAdvanC+» (Novos compostos para tratamento do cancro do intestino), «GlycoTarget» (Anticorpos Diagnósticos e terapêuticos para o cancro do estômago) e «SkinLesion» (Tecnologia Digital da Fraunhofer para rastreio de melanoma).

Em Ortopedia estarão representados os projetos «HECOLCAP» (Biomaterial para preenchimento preventivo de infecções ósseas), e «Adapttech» (Start-up com solução para adaptação rápida de próteses). Os projetos promovidos na área da Infecciologia serão o «Symbiosis» (Sensor point-of-care para a Tuberculose recorrente) e «ARNanoFilm» (Película para administração profilática de anti-retrovirais).

O «ProREGEN» (Regeneração de fraturas da espinal-medula) e o «VRCare» (Realidade Virtual para o medo de voar) são projetos na área da Neurologia que poderá conhecer melhor e no campo da Cirurgia estarão patentes os projetos «SurgeonMate» (Óculos de gravação de cirurgias) e «Facegram» (Tecnologia de monitorização de cirurgia reconstrutiva).

No campo da Gastroenterologia estarão expostos os projetos «Glucodii» (Novos compostos para evitar o agravamento dos sintomas das doenças inflamatórias intestinais) e «BestHealth» (Adesivos e dispositivos para ostomizados) e na área da Infeção Hospitalar os «AntiBioCoat» (revestimento antibacteriano para cateteres), «Pathowatch» (Solução de metagenómica para monitorização da Infeção Hospitalar).

O Programa RESOLVE tem sede no i3S e apoia estes projetos através da aplicação e implementação de sete ferramentas desenhadas para necessidades especificas, tanto em termos de tecnologia, como em termos de estratégia de mercado: voucher para validação de provas de conceito e protótipos, fórum com utilizadores finais, via verde para estudos clínicos, integração de alunos de MBA, Observatório de Plataformas de Open Innovation, lista de contactos para licenciamento e encontros com investidores.)