História do ICBAS revelada em livro inédito

De Corino de Andrade a Ruy Luis Gomes, passando por Nuno Grande, e sem esquecer, claro, a figura de Abel Salazar. Estes são apenas alguns dos protagonistas d’“A História dos homens que inventaram um sonho”, título do livro que revisita os mais de 40 anos de história do Instituto de Ciências Biomédica Abel Salazar (ICBAS) da Universidade do Porto.

Da autoria do jornalista Rui Martins e co-autoria de Corália Vicente, Professora Catedrática e Presidente do Conselho Pedagógico do ICBAS, esta é uma obra há muito sonhada e que chega finalmente ao público após vários anos de escrita.

Tendo como principio perpetuar a memória do ICBAS, quer na sua história, quer nas suas estórias, a obra conta todo o processo de criação e afirmação do ICBAS, desde a sua génese (1975). Para tal foram recolhidos centenas de depoimentos, entrevistas e estudo de documentos, a partir dos quais se procurou dar voz a quem passou e passa pelo ICBAS, de forma a mostrar o caráter inovador da escola no seu ensino, na sua cultura e multidisciplinariedade.

Obra foi lançada no passado dia 16 de abril, no ICBAS. (Foto: ICBAS)

O lançamento do livro foi o ponto alto da Sessão ICBAS – passado, presente e futuro, um evento realizado no passado dia 16 de abril e que serviu para homenagear quem sonhou e deu corpo a esta Escola e quem a manteve no rumo de princípios e valores idealizado, sem deixar de tentar antecipar o que o futuro reserva. Na mesma sessão foram ainda entregues os prémios académicos do ICBAS correspondentes aos anos letivos de 2014/15, 2015/16 e 2016/17.