Grandes temas da Bioengenharia em discussão na FEUP

Em debate vão estar temas centrais da bioengenharia como a questão da produção de antibióticos em Portugal

A abordagem aos nanomateriais, a produção de antibióticos em Portugal, a farmacologia e a imagem biomédica são alguns dos temas que vão estar destaque no auditório da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP), nos dias 15 e 16 de novembro, no âmbito da 5.ª edição das Jornadas de Bioengenharia.

A edição deste ano do simpósio de  Bioengenharia vai centrar-se em grandes temáticas ligadas à Engenharia Biológica, Engenharia Biomédica e Biotecnologia Molecular. Para as debater ,estará um painel de investigadores de renome nacional e internacional, dos quais se destacam: Tito Trindade, professor da Universidade de Aveiro e responsável pela implementação de um laboratório de investigação com foco na química dos nanomateriais dessa mesma Universidade;  Luís Vieira, orador do laboratório de microbiologia CIPAN e responsável pela investigação e desenvolvimento de diversos antibióticos; Lyndon Wright, farmacologista doutorado pela Imperial College of Medicine e ainda Miguel Coimbra, especialista em Computer Science, imagem biomédica e processamento de sinais.

Confirmada está também a presença do cientista Alexandre Quintanilha, professor do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar da U.Porto (ICBAS) e antigo diretor do Instituto de Biologia Molecular e Celular (IBMC) da U.Porto. Autor de seis livros e de mais de uma centena de artigos científicos, Quintanilha é doutorado em Física teórica e desde cedo que se envolve nas questões relacionadas com políticas da ciência.

O Simpósio em Bioengenharia é um evento organizado pelos estudantes do Mestrado Integrado em Bioengenharia da FEUP, em parceria com o ICBAS. Criado em 2006, o Mestrado Integrado em Bioengenharia (MIB) é lecionado em parceria entre estas duas instituições.

Mais informações em: http://www.sympbioeng.org/