Gonçalo Vilas-Boas despede-se da docência da FLUP

hqdefault

A última aula de Gonçalo Vilas-Boas tem como tema as “Viagens Literárias e Outras. Uma viagem por textos ao Médio Oriente nos anos 30”.

Gonçalo Vilas-Boas, professor catedrático jubilado do Departamento de Estudos Germanísticos da Faculdade de Letras da Universidade do Porto (FLUP), vai proferir esta quarta-feira, 3 de junho, a sua Última Lição enquanto docente da FLUP, subordinada ao tema “Viagens Literárias e Outras. Uma viagem por textos ao Médio Oriente nos anos 30”.

Coordenador Científico do Instituto de Literatura Comparada Margarida Losa (ILCML) desde 1999, Gonçalo Vilas-Boas escreveu vários artigos sobre autores de língua alemã, como Robert Walser, Franz Kafka, Annemarie Schwarzenbach, Max Frisch, Friedrich Dürrenmatt, Hugo Loetscher, Christian Kracht, Lukas Bärfuss.

As suas áreas de investigação tocam domínios como a literatura suíça de expressão alemã desde 1900, o labirinto minóico na literatura e a literatura de viagens a partir de 1900. Tem também trabalhado sobre o romance policial de língua alemã.

Publicou, entre outros, cinco livros com textos de e sobre Annemarie Schwarzenbach. Organizou uma antologia do conto suíço (Histórias de Encontros e desencontros, Porto, Afrontamento, 1991) e outra do conto nórdico (A Luz que Vem do Norte, Porto, Afrontamento, 2004).

A sessão tem início às 17h30 no anfiteatro nobre. A entrada é livre.