Germano Silva é o próximo Doutor Honoris Causa da U.Porto

Germano Silva

Reconhecida figura da Invicta, Germano Silva junta-se no próximo dia 3 de novembro, quinta-feira, à galeria restrita dos Doutores Honoris Causa da Universidade do Porto. A cerimónia está marcada para as 10h30, no Salão Nobre da Reitoria da Universidade do Porto, e será a primeira das várias homenagens que, ao longo do dia, vão reconhecer o percurso do conhecido jornalista e historiador portuense.

Nascido a 13 de outubro de 1931, em Recezinhos (Penafiel), Germano Silva é, segundo as palavras do Reitor da U.Porto, Sebastião Feyo de Azevedo, “uma das mais respeitadas figuras no estudo e divulgação da história da cidade, conseguindo aliar a insaciável vontade de saber mais, à enorme capacidade de transmitir, para um público alargado, os frutos dessa paixão”.

Na proposta de atribuição do Doutoramento Honoris Causa – aprovada por unanimidade pelo Senado da Universidade e anunciada recentemente – destaca-se também o papel de Germano Silva, primeiro no jornalismo, e depois na investigação histórica, na divulgação e preservação da história e das tradições da Invicta.

Jornalista durante mais de 40 anos, Germano Silva dirigiu as delegações do Porto do Expresso, da Visão, do Jornal Novo, do Flama e d’O Século Ilustrado. Foi no Jornal de Notícias que iniciou a carreira como jornalista e é aqui que, ainda hoje, publica a coluna “À Descoberta do Porto”.

O Doutoramento Honoris Causa a Germano Silva contará com a presença de figuras da cidade e da comunidade da Universidade do Porto. No papel de elogiador vai estar o historiador Luís Miguel Duarte, Professor Catedrático da Faculdade de Letras da U.Porto (FLUP), que irá discursar sobre as razões que sustentam a atribuição do título. O Padrinho do novo Doutor Honoris Causa será D. Manuel Clemente, cardeal-patriarca de Lisboa e antigo bispo do Porto.

As homenagens a Germano Silva prosseguem depois ao longo do dia, em diferentes pontos da cidade. Às 12h30, está prevista a atuação do Rancho Folclórico do Porto, na Praça Gomes Teixeira e, às 15h30, acontece a conferência “Sentimento e Razão: os Historiadores da Cidade do Porto, no Pátio das Nações do Palácio da Bolsa. Às 18h00, Germano Silva fará uma visita à exposição “O Porto no coração”, instalada no Arquivo Municipal do Porto, na Casa do Infante.