FUTUREPLACES: o “Media Lab” de cidadãos para cidadãos

futureplaces2013-4

Debates…

Debates, laboratórios, cinema, concertos… De 15 a 18 de outubro, entre o Pólo das Indústrias Criativas do Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto (PINC / UPTEC), a Associação Cultural Sonoscopia e o Passos Manuel, o FUTUREPLACES vai servir-se de tudo isso para questionar o papel dos media na sociedade e colocá-los ao serviço dos cidadãos.

A edição deste ano traz novidades e novos territórios a explorar. Heitor Alvelos, professor da Faculdade de Belas Artes da U.Porto (FBAUP) e diretor do festival, destaca “a necessidade de pensar cidadania como produção de informação e cultura em nome próprio”, bem como “a capacitação de cidadãos para modelos de participação social reais, tangíveis, consequentes”. As comunidades locais apoiadas pelo FUTUREPLACES incluem os músicos do Centro Comercial Stop, Rádio Manobras, ±, Museu do Resgate e Portugal Portefolio.

futureplaces_2014

… conferências …

As palestras vão abordar a pedagogia de produção cultural e social. Jillian York (Electronic Frontier Foundation) e Jon Phillips (Creative Commons e fundador da FABRICATORZ) lideram a lista de oradores convidados deste ano do FUTUREPLACES. York destaca-se pelo trabalho na área da liberdade de expressão e Peters atua no campo da organização legal e estratégica.

Depois do sucesso dos laboratórios de cidadania em anos anteriores, este ano há nove workshops gratuitos e de acesso livre, permitindo uma forte interação entre participantes de proveniências muito diversas. Pela adesão e reconhecimento que conquistaram na edição anterior, “Portugal Portefolio” e “Games to The People” são dois laboratórios que repetem, mas há novidades que trazem sinfonias e novas vozes. “The Oportosmouth Sinfonia” é uma das surpresas, prometendo produzir um concerto para guitarristas sem experiência prévia em menos de 24 horas.

futuresplaces2013-5

… e concertos preenchem o programa do FuturePlaces 2014.

Em parceria com a Associação Sonoscopia, do conjunto de concertos salienta-se a atuação de If, Philippe Petit, Al Margolis e Mia Zabelka numa sessão conjunta do ciclo Microvolumes. Jaime Munárriz Ortiz / Drubh e Len Massey são dois outros nomes-chave, aos quais se junta a FuturePlaces Impromptu All-Stars Orchestra, com músicos locais, que, pela sétima vez consecutiva, voltará a encerrar o ciclo de eventos.

Outro dos pontos fortes do programa é o filme biográfico de Aaron Swartz, ativista da cultura livre, recentemente falecido. “The Internet’s Own Boy: The Story of Aaron Swartz” será o mote para uma abordagem coletiva às fronteiras da legalidade e legitimidade do acesso e produção de conhecimento.

O FUTUREPLACES, realização do Programa UTAustin-Portugal para os Media Digitais, propõe surpreender com novas abordagens, artistas influentes, investigadores e académicos internacionais, numa mistura improvável de possibilidades culturais, criativas e mediáticas. Todas as atividades, livres e gratuitas, repartem-se pela Associação Cultural Sonoscopia, Passos Manuel (atividades noturnas) e Pólo das Indústrias Criativas do UPTEC – PINC (durante o dia). A informação é permanentemente atualizada em futureplaces.org.