Fusão nuclear discute-se na Faculdade de Engenharia

A fusão nuclear é a fonte de energia que alimenta as estrelas (foto: 3bfissaoefusaonuclear)

Fonte de energia que alimenta as estrelas, a fusão nuclear  tem assistido a um progresso considerável nas últimas décadas, prevendo-se que possa em breve sair do laboratório e tornar-se uma opção credível para produção de eletricidade em larga-escala e de forma limpa. Atenta a este fenómeno, a Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) promove, no próximo dia 12 de fevereiro, a partir das 14h30, uma palestra sobre estes temas, que terá como protagonista o presidente do Instituto de Plasmas e Fusão Nuclear (IPFN), Bruno Soares Gonçalves.

Intitulada “Contribuição Portuguesa para o programa Europeu de fusão e para a construção do ITER”, a palestra vai introduzir o tema da fusão nuclear, abordar o estado-da-arte nesta área de investigação e na área da física e tecnologia, enfatizando a contribuição do IPFN para o programa europeu de Fusão e, em particular, o esforço desenvolvido para o futuro reator experimental ITER. O seminário focará ainda os desenvolvimentos em curso no IPFN nas área de controlo e aquisição de dados (em colaboração com a Universidade de Coimbra) e de diagnósticos de microondas.

Bruno Soares Gonçalves é doutorado em Física pelo Instituto Superior Técnico, tendo visto a sua tese de doutoramento distinguida com o “European Physical Society Plasma Division PhD Research Award”. É investigador do Instituto de Plasmas e Fusão Nuclear desde 1996, tendo como principais áreas de atividades a física da periferia de plasma e o desenvolvimento de diagnósticos para plasmas de fusão. Em 2007 exerceu funções de Assessor do Presidente do Centro de Fusão Nuclear e foi membro da Comissão Executiva e da Comissão Coordenadora do Conselho Científico desta Unidade desde abril de 2007. Em paralelo, tem exercido as funções de pessoa de contacto para esta Indústria. Foi membro da Direção do Instituto de Plasmas e Fusão Nuclear, a unidade de investigação portuguesa em Física com maior número de investigadores doutorados, de 2008 a 2010.

Co-autor de um capítulo num livro e quarenta e três artigos publicados em revistas internacionais (dos quais 11 como autor), com 20 artigos publicados em atas de conferências e 85 comunicações a congressos internacionais com “referees”. Proferiu dez lições convidadas e apresentações orais em conferências internacionais e quatro apresentações convidadas em conferências nacionais.

A palestra vai decorrer na sala B032 da FEUP. A entrada é livre e gratuita.

  • Rui Faria

    Sei que o tempo é um pouco relativo 🙂 mas a que horas é a palestra?

    • Estela Bento

      14h30, sala B032

      • Rui Faria

        muito obrigado