FMUP vai homenagear doadores do corpo à ciência

A Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP) vai prestar homenagem a todos aqueles que entregam o seu corpo à ciência. A iniciativa – promovida em parceria com a Câmara Municipal do Porto – vai ter lugar no próximo dia 15 de novembro, quarta-feira, e visa não só relembrar o papel fundamental deste ato solidário na formação de novos médicos, como também honrar os doadores e as suas famílias.

“A doação do corpo à ciência é um ato do maior altruísmo porque, ao contrário do que acontece com a doação de órgãos, a entrega do corpo à ciência terá de ser manifestada em vida. Queremos, por isso, mostrar o devido reconhecimento não só a quem já doou, mas também aos doadores que estão vivos e aos seus familiares, para lhes mostrar o quão importante é este gesto”, explica Dulce Madeira, coordenadora da Unidade de Anatomia do departamento de Biomedicina da faculdade.

“É essencial que os jovens médicos aprendam em pessoas reais e não em modelos, até porque somos todos parecidos, mas não somos todos iguais. Sem estas doações não conseguimos formar melhores profissionais com conhecimentos sólidos e de maior humanismo”, acrescenta a docente da FMUP.

A cerimónia de homenagem contará com intervenções de Maria Amélia Ferreira, Diretora da FMUP, Filipe Araújo, Vice-Presidente da CM Porto, Hugo Pinto Abreu, em representação dos doadores, e Diogo Cabral, em representação dos estudantes da faculdade. A sessão incluirá ainda dois momentos musicais, assegurados pelos estudantes da FMUP.

Aberta a toda a comunidade académica, a cerimónia de homenagem está agendada para as 16h00, no Cemitério de Agramontelocal onde repousam as cinzas dos doadores quando terminado o processo de investigação.