FMUP debate o presente e o futuro da investigação científica

O 6.º Encontro de Doutorados da FMUP vai realizar-se no dia 25 de outubro de 2017.

O papel do doutoramento no desenvolvimento da carreira e o futuro da investigação científica são os temas centrais do 6.º Encontro de Doutorandos da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP). A iniciativa –promovida pelo departamento de Apoio à Investigação e Pós-Graduação, em parceria com o programa doutoral em Medicina – destina-se não só aos estudantes da FMUP mas também, a todos aqueles que consideram seguir o caminho da investigação.

Para debater a temática, o evento contará com intervenções de Alexandre Quintanilha, Professor Catedrático Jubilado da U.Porto, Pedro Teixeira, vice-reitor da Universidade do Porto para a Formação e Organização Académica, e Óscar Ribeiro, investigador do Cintesis e docente da Universidade de Aveiro. Na iniciativa marcarão igualmente presença de Maria Amélia Ferreira, diretora da FMUP, e de Agostinho Marques, diretor do programa doutoral em Medicina.

“O encontro pretende ajudar jovens investigadores a pensar a ciência de uma forma mais abrangente”, explica Raquel Soares, diretora do departamento de Apoio à Investigação e Pós-Graduação. “Frequentemente os estudantes têm de conciliar o doutoramento com a sua atividade profissional e a troca de experiências, seja com outros alunos ou com docentes, ajuda nesse processo de adaptação” acrescenta a docente da FMUP.

Centro de Investigação Médica da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto.

O 6.º Encontro de Doutorandos decorrerá no dia 25 de outubro, quarta-feira, no Centro de Investigação Médica da FMUP. Recorde-se que a Faculdade de Medicina da Universidade do Porto oferece mais de 50 formações de pós-graduação – mestrados, doutoramentos e formações especializadas – que representam um universo de cerca de 1600 estudantes.

Os interessados em participar na iniciativa podem proceder à inscrição aqui.