FMUP ajuda estudantes a lidar com a ansiedade

A exposição prolongada a níveis elevados de ansiedade pode provocar sintomas depressivos. (Foto:DR)

Seja devido ao stress dos exames, ou pela falta de tempo para entregar um trabalho dentro do prazo,  grande parte dos estudantes lidam com situações de ansiedade durante o seu percurso académico. A pensar nisso,  o Gabinete de Apoio ao Estudante do Centro de Educação Médica (CEM) da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP) organiza no próximo dia 30 de abril,  um “Curso de Gestão de Ansiedade”, destinado a todos os estudantes da U. Porto.

Esta formação inovadora tem como ponto de partida o facto de a exposição prolongada a níveis elevados de ansiedade poder ter efeitos negativos aos níveis cognitivo, fisiológico, comportamental e do humor, provocando sintomas como dores e tensão muscular, dificuldade em respirar, arritmias cardíacas, irritabilidade e frustração. A ansiedade pode ainda estar na origem de alterações dos padrões de sono, abuso de substâncias, entre outros.

Nos estudantes, níveis baixos de ansiedade podem contribuir para a melhoria da performance académica. No entanto, níveis elevados provocam défice de memória e atenção, dificuldades na gestão de tempo e de tarefas, baixos níveis motivacionais, abuso de substâncias, insónias, baixa autoestima, sentimentos de raiva, frustração e culpa, e até sintomas depressivos, afetando o desempenho académico negativamente.

Assim, o curso foi pensado com o objetivo de promover a reflexão acerca das definições da ansiedade, das causas e fatores de manutenção da ansiedade, das manifestações da ansiedade a nível cognitivo, fisiológico, emocional e comportamental, bem como a otimização de estratégias/técnicas de intervenção na ansiedade.

A iniciativa tem início marcado às 15 horas, nas salas 2A e 2B do Centro de Investigação Médica (CIM) da FMUP. As inscrições são gratuitas mas obrigatórias, e devem ser realizadas aqui até ao dia 24 de abril.

  • Belo, Ramiro

    A sobreposição da carga horária semanal e trabalhos extrademasiados podem provocar a ansiedade entre outro