FLUP vai criar a primeira Enciclopédia do Românico em Portugal

A Sé do Porto é um dos mais importantes exemplos da arte românica em Portugal. (Foto: CMP)

A Faculdade de Letras da Universidade do Porto (FLUP) foi a instituição escolhida para liderar a elaboração da Enciclopédia do Românico em Portugal, iniciativa que se propõe a recuperar e inventariar todos os testemunhos do movimento artístico que reinou em Portugal e no resto da Europa entre os séculos XI e XIII.

O desafio partiu da Fundação Santa María la Real (FSMLR), instituição espanhola que, desde há várias décadas, vem desenvolvendo a Enciclopédia del Românico, uma obra única para o conhecimento da Arte Românica na Península Ibérica e que conta já com um total de 52 volumes publicadosSendo uma das mais significativas obras editoriais levadas a cabo em Espanha, é também uma obra integradora por congregar a colaboração de universidades, de diversas instituições e de investigadores independentes, tendo nela já participado mais de 2.000 pessoas, incluindo os mais conceituados especialistas da matéria.

A Enciclopédia do Românico em Portugal será incorporada na Enciclopédia del Românico, uma obra editada pela Fundação Santa María la Real e que conta já com 52 volumes. (Foto: DR)

É esse trabalho que vai ser agora alargado a Portugal, através de um projeto liderado pelo Departamento de Ciências e Técnicas do Património da FLUP e financiado pela  Fundación Ramón Areces. Na elaboração da primeira Enciclopédia do Românico em Portugal vão também colaborar organismo como a Direção Geral do Património Cultural (DGPC), a Direção Regional da Cultura do Norte, o Secretariado dos Bens Culturais da Igreja e a Rota do Românico.

A coordenação científica da obra estará a cargo dos professores da FLUP, Lúcia Maria Cardoso Rosas, Maria Leonor Botelho e Mário Jorge Barroca.

O projeto da «Enciclopédia do Românico em Portugal» vai ser apresentado no próximo dia 28 de fevereiro, quarta-feira, pelas 16h00, numa cerimónia pública a realizar-se na Sala de Reuniões 1 da FLUP. Na ocasião serão também assinados os protocolos de cooperação entre as várias entidades que integram a iniciativa.