Finalista da FMUP vence Prémio Daniel Serrão

Luís Mendonça terminou o curso na FMUP com 18 valores

Luís Mendonça terminou o curso na FMUP com 18 valores

Luís Carlos Mendonça, estudante finalista da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP), é distinguido no dia 18 de junho, com a atribuição do Prémio Daniel Serrão. O galardão, que distingue o melhor aluno de Medicina da região Norte no último ano letivo (2013/2014), será entregue numa cerimónia da Secção Regional do Norte da Ordem dos Médicos (SRNOM) que assinala o Dia do Médico.

Com 24 anos, o jovem médico, natural de Paços de Ferreira, ingressou em 2007 na FMUP com uma média de 18,95 valores.

Dos seis anos de curso, o premiado recorda “o enriquecimento pessoal dificilmente repetível”. “Sendo um curso particularmente extenso, destaco como mais valioso a possibilidade que tive de cumprir as três vertentes doutrinais da FMUP: a assistência, através de uma preparação médica completa; o ensino, enquanto monitor na cadeira de Fisiologia e a investigação, na qualidade de colaborador do Departamento de Fisiologia e Cirurgia Cardiotorácica”, acrescenta.

Luís Carlos Mendonça concluiu o mestrado integrado com uma média de 18 valores, o que o colocou como melhor aluno no último letivo entre as três escolas de Medicina da região Norte e lhe garantiu a atribuição do Prémio Daniel Serrão. O jovem médico considera esta atribuição “uma enorme honra” particularmente por associar o nome de uma personalidade que admira. “O Professor Daniel Serrão tem-nos mostrado como a vida humana está muito para lá da realidade tangível e dos limites da membrana celular”, justifica.

O premiado espera que este reconhecimento “constitua um reforço positivo” para a sua responsabilidade como médico e cuidador dos doentes e ambiciona agora seguir uma carreira profissional e académica na área cardiovascular.

Recorde-se que o jovem foi agraciado, no Dia da FMUP’14, comemorado no passado mês de fevereiro, com os prémios de mérito académico Abílio Gonçalves Marques, Desembargador Almeida Ribeiro e Visconde de Macedo Pinto.