FEUP recebe XII Jornadas de Ciência da Informação

A Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) recebe esta segunda-feira, dia 19 de maio, as XII Jornadas de Ciência da Informação, organizadas por estudantes da Licenciatura em Ciência da Informação (LCI) e do Mestrado em Ciência da Informação (MCI), lecionados pela FEUP e pela Faculdade de Letras da U.Porto (FLUP).

Ao longo do dia – entre as 9h00 e as 18h00, o tema “Data Science: Os novos desafios da Ciência da Informação” será o foco de um debate que vai procurar aliar as perspetivas infocomunicacional e tecnológica. Para tal, serão chamados à discussão problemas, metodologias, ferramentas, casos de estudo e posicionamentos organizacionais relacionados com Data Mining e Knowledge Discovery, Inteligência Empresarial, o papel das Bases de Dados, Data warehouses e Dashboards e o muito referenciado BIG DATA, corporizando o desafio do crescimento, disponibilização e uso exponencial da informação na Era da Informação, da constante inovação tecnológica e das rápidas mudanças.

As Jornadas mantêm, pois, como objetivo a promoção de uma discussão de um tema da atualidade proporcionando o encontro de convidados provenientes da academia e do tecido empresarial e institucional, nacional e internacional. Ao todo são esperados cerca de 300 estudantes, docentes, investigadores e profissionais oriundos de organizações e instituições espalhadas por todo o país.

Nesta edição estarão presentes Pavel Brazdil, Professor Catedrático da FEP e fundador do LIAAD-INESC Porto LA, Gabriel David e Carlos Soares, Professores Associados da FEUP, João Pedro Moreira e Graça Simões, Professores Auxiliares, respetivamente, da FEUP e da FLUC, bem como Tito Vieira, Diretor do Serviço de Tecnologias de Informação e Comunicação (SP/TIC) da U.Porto. Do meio institucional e empresarial estarão representados o Centro Hospitalar de S. João, a empresa DevScope, da SAS Portugal, a GFI Portugal,a  SAP Portugal, a SAS Institute Software, Lda., a Bi4all – Consultores de Gestão e a Multicert, representada por Sofia Neto licenciada em CI na U.Porto. A componente de investigação e os projetos de dissertação em ambiente empresarial/institucional desenvolvida pelos estudantes pode ser apreciada na Sessão de Posters que complementa esta realização, grande novidade das jornadas deste ano.

Com esta iniciativa procura-se também evidenciar o potencial da LCI e do MCI na promoção do ensino, investigação e desenvolvimento profissional na área da Ciência da Informação, atestando as competências dos seus licenciados e mestres e a permanente atenção aos problemas e desafios que se colocam à comunidade em que atuam, bem como aos seus Alumni. Prova disso é o OCIU.Porto (Observatório de Ciência da Informação na U.Porto),  criado e gerido desde 2007 pelos estudantes de CI, no âmbito de uma unidade curricular, e cuja última versão será apresentada publicamente nestas Jornadas.

Mais informações aqui e aqui.