FEUP apresenta projeto para visitas inclusivas aos Clérigos

Sessão de Receção aos Novos Estudantes da U.Porto 2015/2016

Projeto inovador visa proporcionar uma visita inclusiva a todos os visitantes da Torre dos Clérigos, incluindo surdos, cegos e amblíopes. (Fotos: Egídio Santos / U.Porto)

A Provedoria Municipal dos Cidadãos com Deficiência, em parceria com a Irmandade dos Clérigos e com a Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP), apresentaram esta sexta-feira, 14 de outubro, o projeto UP Clérigos, uma iniciativa inovadora que prevê a implementação na Igreja / Torre dos Clérigos de um sistema de localização indoor desenvolvido por um grupo de investigadores da FEUP – o Audio G.P.S. – , de forma a proporcionar a todos os visitantes, incluindo surdos, cegos e amblíopes, uma visita inclusiva àquele que é um dos maiores ex-libris do Porto.

O Audio G.P.S foi concebido pelo investigador João Moutinho e pelos também investigadores e docentes Diamantino Freitas e Rui Araújo, todos da FEUP. O sistema consiste numa tecnologia de localização global para espaços interiores concebida de forma a facilitar a localização e permitir que os utilizadores captem, pelos smartphones ou tablets, sinais aúdio impercetíveis que são emitidos por um sistema sonoro, pré-existente ou a criar facilmente no edifício, que possibilitem a determinação da sua posição global.

Pretende-se que este sistema esteja disponível nas visitas à Torre dos Clérigos o mais brevemente possível e que o mesmo não tenha custos adicionais para os visitantes.

Além de ter já arrecadado o primeiro prémio da edição 2016 do concurso de Ideias de Negócio da Universidade do Porto iUP25k, o Audio-GPS venceu recentemente a edição 2016 do IDEAS  Born from Knowledge, o concurso nacional de ideias inovadoras promovido pelo Ministério da Ciência Tecnologia e Ensino Superior (MCTES).

Aberta ao público, a sessão de apresentação do projeto UP Clérigos teve lugar na Torre dos Clérigos e contou com a presença dos autores do dispositvo e representantes da Provedoria Municipal dos Cidadãos com Deficiência, da Irmandade dos Clérigos e ainda a Secretária e Estado das Pessoas com Deficiência.