INESC TEC e FEUP trazem Festival Nacional de Robótica a Gondomar

Festival reúne todos os anos mais de 500 participantes do ensino secundário e superior.

O Festival Nacional de Robótica chega ao Pavilhão Multiusos de Gondomar de 26 a 28 de abril. Para além de cerca de 500 participantes, nacionais e internacionais, são esperados ainda cerca de 5 mil visitantes para assistir às competições robóticas e à mostra de projetos desenvolvidos por vários clubes de robótica a nível nacional.

Este evento, promovido pela Sociedade Portuguesa de Robótica (SPR), tem como objetivo a promoção da Ciência e Tecnologia junto dos jovens, professores e investigadores, mas também de todos aqueles que se interessem pela área, através de competições de robôs autónomos. A SPR elegeu o Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência (INESC TEC) e a Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) como organizadores oficiais do Festival Nacional de Robótica 2019.

É neste Festival que se apuram as equipas portuguesas para o RoboCup, duas competições de robótica internacionais (uma mundial e outra europeia) que reúnem as melhores equipas de cada país, e onde Portugal tem apresentado um historial de sucesso. Existem dois escalões de competição que dão acesso ao apuramento: júnior e sénior.

A competição júnior destina-se a alunos de escolas portuguesas e cuja idade não pode ser superior a 19 anos. Estas equipas são obrigadas a terem um mentor, que pode ser um professor, mas que no dia das competições não pode estar junto da equipa. Por sua vez, a competição sénior destina-se, sobretudo, a equipas que pertencem a universidades, politécnicos e institutos de investigação nacionais e internacionais (Alemanha, Holanda, Croácia e Espanha). Na Liga Sénior as equipas podem ter mais do que cinco membros.

As competições a decorrer durante o Festival incluem jogos de futebol cujos protagonistas são robôs de diferentes configurações.

São sete tipos de competição que fazem parte da competição sénior – Futebol Robótico Médio, Liga de Simulação 2D, Liga de Simulação 3D, Condução Autónoma, Robot@Factory, Robot@Factory Life e FreeBots. São também sete tipos de competição que fazem parte da competição júnior – Futebol Robótico Júnior, OnStage, Busca e Salvamento Linha, Busca e Salvamento Labirinto, Busca e Salvamento Simulação, FreeBots Júnior e First Challenger.

Em paralelo com as competições, o Festival Nacional de Robótica 2019 “contará ainda com uma mostra de projetos desenvolvidos nos vários clubes de robótica das escolas do 1.º ciclo até ao ensino secundário. Serão também dinamizadas oficinas de formação na área da robótica e programação para alunos e professores do ensino básico e secundário, sendo também possível para as escolas organizarem visitas de estudo”, explica António Paulo Moreira, coordenador do Centro de Robótica Industrial e Sistemas Inteligentes do INESC TEC e docente da FEUP.

A entrada é gratuita.

E para o aquecimento…

De 24 a 26 de abril – vai realizar-se, também no no Pavilhão Multiusos de Gondomar, a 19.ª IEEE – Conferência Internacional de Sistemas Robóticos Autónomos e Competições 2019 (ICARSC 2019), um evento associado ao Festival Nacional de Robótica e onde é a dada a oportunidade a investigadores nacionais e internacionais, na área da Robótica, de apresentarem os seus resultados de investigação mais recentes. A Conferência contará com a presença de importantes nomes na área da Robótica, como Bruno Siciliano da Universidade de Nápoles em Itália.

A apoiar a organização deste festival estão a Câmara Municipal de Gondomar, o Agrupamento de Escolas N.1 de Gondomar, o Colégio Paulo VI de Gondomar e diversas outras instituições, incluindo o Instituto Superior de Engenharia do Politécnico do Porto, o Laboratório de Inteligência Artificial e Ciência de Computadores UP, a ESPE – Espinho, o Instituto de Telecomunicações, o Instituto Politécnico de Bragança, a UTAD e a Universidade de Aveiro.