FEST – Festival Novos Realizadores arranca na Universidade do Porto

FEST, "He Took His Skin Off For Me"

O primeiro filme a ser exibido será a curta “He took his skin off for me” (2015), do britânico Ben Aston. (Foto: DR)

O Edifício Histórico da Reitoria da Universidade do Porto (Praça de Gomes Teixeira, Porto) vai apadrinhar pelo segundo ano consecutivo o “arranque” do FEST – Festival Novos Realizadores | Novo Cinema. Trata-se de um festival de cinema que tem por objetivo dar a conhecer o que de melhor o novo cinema mundial tem para oferecer, através do revelação do trabalho de cineastas emergentes.

As sessões que vão passar pela sala de cinema improvisada na “casa mãe” da U.Porto obedecem a quatro programas temáticos onde serão abordadas questões como o Amor, o Crime, a Família e o Humor Negro. São algumas das mais impressionantes curtas-metragens que foram apresentadas no FEST num passado recente.

O evento tem início no dia 15 de abril, pelas 18h00, com uma Masterclass intitulada “Entrada Feroz No Mundo Do Cinema”. Trata-se de uma Masterclass sobre como entrar na indústria cinematográfica e como distribuir filmes quando se está em início de carreira.

FEST, "Fragments"

“Fragments”, de Aga Woszczynska (Polónia, 2015) vai encerrar a primeira sessão. (Foto: DR)

No mesmo dia, mas às 22h30, sob a batuta de “O amor já não é o que era” as sessões começam com a curta “He took his skin off for me” (Ben Aston / Reino Unido, 2015). De seguida passa “Fragments“(Aga Woszczynska / Polónia, 2015); “In the fishbowl” (Tudor Cristian Jurgiu  / Roménia, 2014) e “He took the bottle but left the girl” (Reinis Kalvins  / Letónia, 2015).

No dia 19 de maio o tema é “Crime, castigo e fuga” e traz ao Edifício Histórico da Reitoria: “Mother“, de Lukasz Ostalski (Polónia, 013), e  “I’d rather be a murdered“, de Jakob Schmidt (Alemanha, 2011). Já no dia 17 de junho o público será levado ao encontro de “Uma questão de família” com as curtas:  “Name of the fathers” (Timothy Josha Wennekes / Bélgica, 2014);  “Everything will be Ok” (Patrick Vollrath / Alemanha/Áustria, 2015)  e “Home” (Agnieszka Borova / Polónia, 2015).

Finalmente, a 18 de junho, e para mostrar que “Rir é coisa séria”, estão todos convidados a assistir a “Fool’s Day“, de Cody Blue Snider (EUA, 2014) e “Flora and Fauna“, de Piotr Litwin (Polónia, 2014 ).

Com entrada será gratuita, as sessões terão sempre lugar às 22h30, no Auditório Ruy Luis Gomes. No caso da Masterclass do dia 15, ps pedidos de inscrições deverão ser enviados para cultura@reit.up.pt .

A 12ª edição do FEST acontece de 20 a 27 de junho, em Espinho, e contará com cerca de 180 sessões de cinema, 25 masterclasses e workshops, sessões de pitching e oportunidades únicas de networking, junto de algumas das mais importantes figuras do cinema mundial.