FEP assinala centenário do nascimento de Armando Castro

Armando de Castro foi o primeiro Diretor da FEP depois do 25 de abril, (Foto: DR)

A Faculdade de Economia da Universidade do Porto (FEP) vai assinalar, no próximo dia 19 de outubro, sexta-feira, o centenário do nascimento de Armando Castro, economista, antigo professor, investigador e primeiro diretor da faculdade no pós-25 de abril.

A cerimónia tem início às 16h00, no Auditório 631, e contará com as intervenções dos docentes da FEP José Madureira Pinto, Fátima Brandão e Fernando Teixeira dos Santos, a que se juntará Carlos Bastien, professor do ISEG.

A abertura da sessão será feita pelo Diretor da FEP, José Varejão, e da representante da Associação Portuguesa da Economia Política, Ana Santos.

A entrada é livre.

Mais informações aqui.

Sobre Armando Castro

Natural do Porto, onde nasceu a 18 de julho de 1918, Armando de Castro é considerado um dos grandes vultos da ciência e do pensamento económico em Portugal. Primeiro Diretor da FEP depois do 25 de abril, foi professor na faculdade até à reforma.

Autor de uma vasta obra intelectual, centrada nos domínios da História, Economia Teórica e Aplicada e Teoria do Conhecimento, assinou, entre outras obras, “A Evolução Económica de Portugal dos Séculos XII a XV”, publicada em 11 volumes ao longo de vários anos (1964 a 1979), que lhe valeu, em 1965, o Grande Prémio da Sociedade Portuguesa de Escritores.

Antes da sua morte, a 16 de junho de 1999, Armando Castro doou o seu património pessoal de investigação científica à Universidade do Porto, tendo determinado que esse espólio ficasse depositado na FEP.