Faculdade de Arquitetura “pensa” a cidade em festival urbano

Workshop vai envolver arquitetos, sociólogos, artistas e estudantes no estudo de soluções arquitetónicas para a zona de Campanhã.

Trazer os cidadãos para a discussão sobre a revitalização do espaço público do Porto e desenvolver  soluções arquitetónicas para uma das zonas mais problemáticas da cidade. Essas são duas das propostas do Dédalo RE_ACT: Urban Festival, uma iniciativa organizada pela revista Dédalo e que, na sua primeira fase, vai realizar-se nos próximos dias 23 a 27 de maio, na  Faculdade de Arquitetura da Universidade do Porto (FAUP).

Das iniciativas previstas no evento, destaca-se o workshop que ao longo de cinco dias, vai conduzir arquitetos, sociólogos e artistas, nacionais e internacionais, em conjunto com seis grupos de estudantes, até à zona de Campanhã, para aí identificarem com a população os problemas mais preocupantes daquela que é uma das áreas da cidade com mais problemas urbanos e sociais. Desse trabalho resultará o debate e desenvolvimento de soluções arquitetónicas adequadas para a área em estudo

O festival oferece também um conjunto de instalações, performances, concertos e conferências, em que um painel de intervenientes vai debater a problemática do espaço público,através das apresentações de projetos desenvolvidos por cada um, mas também da discussão de métodos e ferramentas, motivações e prioridades no processo de projeto. Será esse o caso da conferência promovida pela Atelier Mob, plataforma portuguesa que desenvolve projetos de arquitetura, urbanismo e design e que já recebeu diversos prémios internacionais.

O programa de conferências conta ainda com a intervenção de diversas plataformas internacionais de discussão arquitetónica como a MAP-it, da Bélgica ou a alemã Makerlab. A arquiteta Inês Moreira também vai partilhar a sua experiência, incluindo alguns dos projetos que tem vindo a desenvolver em edifícios históricos e espaços industriais.

O encerramento do Dédalo RE_ACT: Urban Festival coincidirá com a apresentação pública dos resultados das diferentes iniciativas e a discussão sobre o potencial das soluções encontradas. Esse trabalho servirá de base par a segunda fase do festival, a realizar em julho, na qual se pretende eleger um projeto desenvolvido em workshop, e executá-lo no terreno durante  uma semana.

As inscrições para o festival decorrem até 22 de maio, através do e-mail revista.dedalo@gmail.com. Mais informações aqui.

Sobre a revista Dédalo

A Revista Dédalo surgiu em 2006 da vontade de alunos da FAUP para ser um espaço de discussão na área da arquitetura, com uma visão integrada das questões do urbanismo, tendo em consideração o contributo de outras artes e ciências socias.