FAUP acolhe exposição sobre atelier de arquitetura belga

Entre os projetos mais emblemáticas do Robbrecht en Daem architecten inclui-se um pavilhão temporário baseado no projeto de uma clubhouse para um campo de golfe, de Mies der Rohe, de 1930, que nunca foi construído. (Foto: DR)

A Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto (FAUP) recebe a partir de 14 de janeiro a exposição “Beauty is a rare thing”, que reúne 11 curtas-metragens de diferentes projetos do ateliê de arquitetura belga Robbrecht en Daem architecten, realizadas pelo fotógrafo, cineasta e artista performativo Maarten Vanden Abeele, colaborador regular de Pina Bausch, Ópera National de Paris, dEUS, Jan Fabre e Vogue Paris, entre outros.

Com título evocativo da obra do compositor de jazz e saxofonista Ornette Coleman, esta mostra decorre no âmbito do Ciclo Matéria: conferências brancas [Matter: the white conferences] e na sequência da recente conferência na FAUP, de 22 Novembro de 2018, dos arquitetos Paul Robbrecht e Johannes Robbrecht, intitulada “An Architectural Anthology” – uma visão particular da obra de Robbrecht en Daem.

Maarten Vanden Abeele (1970) é um fotógrafo belga, cineasta e artista performativo. Desenvolveu a sua arte visual criando instalações em combinação com as suas fotografias e performances, dirigidas e, às vezes, executadas por si próprio. O seu trabalho conduziu a colaborações (de longo prazo) com Pina Bausch, Ópera Nacional de Paris, dEUS, Jan Fabre e Vogue Paris, entre outros. Maarten Vanden Abeele retratou diferentes projetos de Robbrecht em Daem architecten para a exposição “Pacing Through Architecture”.

Cartaz da exposição da autoria de Marta Ramos (clicar para aumentar).

O gabinete de arquitetura Robbrecht en Daem architecten foi criado em 1975 pela dupla de arquitetos Paul Robbrecht (1950) e Hilde Daem (1950). Em 2002, Johannes Robbrecht (1977) juntou-se a Robbrecht en Daem architecten, onde trabalha como parceiro desde 2012. Uma característica distintiva da sua prática são os edifícios culturais, como a sala de concertos em Bruges, arquivos e bibliotecas, bem como as recuperações emblemáticas de obras modernistas, incluindo a Universidade de Ghent, a biblioteca de Henry van de Velde e uma maqueta 1: 1 do – nunca construído – Golf Clubhouse de Mies van der Rohe, em Krefeld (Alemanha). O trabalho de Robbrecht en Daem foi reconhecido com múltiplos prémios e distinções internacionais, e continua a ser publicado e exibido internacionalmente.

Matéria: conferências brancas [Matter: the white conferences] é um ciclo, promovido por dois professores da FAUP, José Miguel Rodrigues e Helder Casal Ribeiro, com Pedro Borges de Araújo, dedicado “às várias formas de ver e entender hoje a arquitetura, nas quais a abstracção é uma matéria fundamental necessária à expressão de uma mundividência particular que sente na sua obra e no seu pensamento”. O Ciclo, com início em Maio de 2018, já teve como convidados o filósofo João Lemos e os ateliês Sergison Bates Architects, Giuliani.Hönger e Robbrecht en Daem architecten.

A inauguração de “Beauty is a rare thing” está marcada para o dia 14 de janeiro, segunda-feira, às 18h30, na Galeria de Exposições da FAUP. A exposição ficará depois patente ao público de 15 de janeiro a 28 de fevereiro, de segunda a sexta-feira, entre as 9h00 e as 19h00. Encerra aos feriados e fins-de-semana. A entrada é livre.

Mais informações em www.fa.up.pt