FADEUP acolhe projeto piloto de criação de espaços de trabalho saudáveis

Colaborador da FADEUP durante a recolha de dados (Foto: FADEUP)

Cerca de duas dezenas de colaboradores da Faculdade de Desporto da Universidade do Porto (FADEUP) estão envolvidos no Projeto Espaços de Trabalho Saudáveis, cujo objetivo é a promoção da saúde em ambiente laboral, por via da criação de hábitos mais saudáveis e locais de trabalho mais ergonómicos.

A temática assume especial importância quando se sabe que as doenças ocupacionais, principalmente as lesões músculo-esqueléticas, têm elevada prevalência na população de trabalhadores sentados, sendo responsáveis pelo aumento das taxas de absentismo e presenteísmo.

O projeto piloto decorre durante 12 semanas e compreende três fases distintas. A primeira é a de sensibilização e inclui a realização de palestras temáticas aos colaboradores. A segunda fase centra-se na recolha de dados: antropométricos, fatores de risco para doenças cardiovasculares, dor ou desconforto, de avaliação postural, de avaliação ergonómica do posto de trabalho e hábitos de atividade física de cada um dos colaboradores. A terceira é a de intervenção, onde especialistas de várias áreas corrigem a ergonomia do posto de trabalho (Ergocoaching), fazem sessões de exercício em ambiente laboral, o levantamento dos motivos que levam as pessoas a fazer exercício e o aconselhamento nutricional.

A equipa responsável pelo desenvolvimento do projeto é liderada pela EACT ErgoActiva, empresa que teve a sua génese na FADEUP e é liderada por uma ex-estudante FADEUP, Helena Pereira, co-fundadora com Rui Garganta, docente da Faculdade.

Para além da EACT ErgoActiva, vários estudantes de 1º e 2º ciclo compõem a equipa que dinamiza o projeto, onde participam elementos com formação em áreas tão diferenciadas como Ergonomia, Fisioterapia, Exercício Físico, Psicologia e Nutrição. O backoffice na FADEUP é assegurado pelos elementos de Apoio aos Orgãos de Gestão, Cláudia Garcia, Otília Pereira e Rui Telmo.