Faculdade de Engenharia junta-se ao Programa “Gap Year”

newsletter_300_200A partir do próximo ano letivo, os estudantes do 1.º ciclo (licenciatura) do Ensino Superior que estejam a fazer uma pausa sabática para decidir o que verdadeiramente querem seguir, vão poder “experimentar”, durante 15 dias, os 10 cursos lecionados na Faculdade de Engenharia da U.Porto. No total, 20 vagas vão estar à disposição destes estudantes a partir de setembro. O protocolo com a Gap Year Portugal foi formalizado na passada sexta-feira, dia 3 de junho.

A opção de dedicar um ano a outra coisa que não os estudos académicos é muito comum nos países anglo-saxónicos como a Austrália, Reino Unido, Nova Zelândia e os EUA. O Gap Year é, em regra, um ano letivo durante o qual se faz uma pausa na vida quotidiana, usualmente noutro país, com a finalidade de viajar, fazer voluntariado, estagiar, obter auto conhecimento ou uma experiência professional. Estima-se que só no Reino Unido cerca de 200 mil estudantes invistam num Gap Year como forma de enriquecimento profissional e descoberta de vocações.

A diversidade de experiências obtidas – a necessidade de ser autónomo, o potencial contacto com diferentes culturas e os desafios que os jovens enfrentam durante o Gap Yearassume uma grande importância no que toca à inserção dos jovens no sistema de ensino e no mercado de trabalho, uma vez que durante o Gap Year o jovem poderá vir a desenvolver soft skills consideradas essenciais ao seu amadurecimento, sucesso e confiança académicos, competitividade no mercado de trabalho e na construção do seu sentido de cidadania.

De notar que cada vez mais entidades empregadoras e também as melhores Universidades do mundo, como Harvard, valorizam este tipo de experiências no currículo.

Toda a informação relacionada com datas e procedimentos de candidatura vão estar disponíveis em www.gapyear.pt