Exposição apoiada pela U.Porto vence prémio europeu

A exposição está aberta ao público, de segunda a sexta-feira, no Museu Municipal de Valongo. (Foto: CMValongo)

A exposição “Trilobites em Valongo: um rasto de história…”, cuja conceção contou com o apoio científico do do Museu de História Natural e da Ciência da Universidade do Porto, acaba de ser distinguida com o primeiro Prémio de Geoconservação 2018, atribuído pelo Grupo Português da ProGEO – Associação Europeia para a Conservação do Património Geológico.

Inaugurada em abril de 2017, no Museu Municipal de Valongo, a exposição agora premiada dá a conhecer ao público o espólio fóssil da concelho, reunindo para isso várias espécies de seres marinhos – as trilobites – que povoaram aquele território na Era Paleozoica, há centenas de milhões de anos, antes da existência dos dinossauros.

Valongo, um concelho localizado no distrito do Porto, é o palco de uma história antiga, que remonta a centenas de milhões de anos, quando o território estava coberto pelo oceano. Foi, precisamente por isso, um local preferido por diferentes seres marinhos. Enquadrada nas comemorações dos 180 anos do Município de Valongo, esta mostra quer dar a conhecer o passado para uma melhor compreensão do presente.

Que espécies povoaram o concelho? Em que zonas? Estas e outras questões são respondidas na exposição, patente no Museu Municipal de Valongo, de segunda a sexta-feira, entre as 09h00 e as 12h30 e entre as 14h00 e as 17h30.

A entrada é livre.