Estudantes elegem representantes para o Conselho Geral da U.Porto

Aula na FDUPFalta apenas uma semana para a eleição dos Representantes dos Estudantes no Conselho Geral da Universidade do Porto e é já conhecida a localização exata das mesas de voto que estarão em funcionamento em cada uma das faculdades da U.Porto no próximo dia 11 de abril.

As urnas estarão abertas entre as 10h00 às 20h00, prontas para recolher os votos dos mais de 30.000 estudantes da Universidade do Porto. Em disputa estão quatro listas candidatas – cada uma composta por oito elementos (quatro efetivos e quatro suplentes) – a ocupar os quatro lugares destinados aos representantes dos estudantes entre os 23 membros do Conselho Geral da U.Porto.

Sendo um dos três órgãos máximos de governo da U.Porto, o Conselho Geral é constituído por 12 representantes dos docentes e investigadores, quatro dos estudantes e um do pessoal não docente, a que se juntam seis personalidades externas à Universidade. Entre as suas competências estão, por exemplo, a eleição do Reitor e a aprovação das linhas gerais de orientação da instituição no plano científico, pedagógico, financeiro e patrimonial.

A eleição dos quatro representantes dos estudantes é feita por sufrágio direto e universal entre a comunidade estudantil da Universidade do Porto, para um mandato de dois anos. A escolha dos futuros representantes estudantis é determinada pela aplicação do seguinte método aos resultados finais apurados: a) cada lista apurará um número de votos igual à soma dos votos atribuídos a membros individuais da lista; b) cada lista elegerá um número de membros determinado pela aplicação do método de Hondt aos resultados da eleição; c) dentro de cada lista, os membros serão reordenados por ordem decrescente do número de votos que obtiveram.

Atualmente, os estudantes são representados neste órgão por Daniel Freitas, Diogo Faria, Francisco Silva e Joana Magalhães. Informações mais detalhadas sobre este processo eleitoral podem ser consultadas aqui.