Estudantes de Nutrição distribuíram fruta pela comunidade académica

A iniciativa “Desfruta ME” levou fruta aos refeitórios de quatro faculdades da U.Porto (Foto: AEFCNAUP)

Fruta fresca para uma alimentação mais saudável. Foi esta a causa / proposta que a Associação de Estudantes da Faculdade de Ciências da Nutrição e da Alimentação da U.Porto (AEFCNAUP) levou a cabo no âmbito do projeto “Desfruta ME”, uma ação que durante três dias – 8 a 10 de abril -, levou os futuros nutricionistas às cantinas de quatro faculdades da Universidade do Porto, para distribuir fruta e promover uma alimentação mais saudável entre os membros da comunidade académica.

Depois de entregar fruta aos estudantes da Faculdade de Engenharia (FEUP) e da Faculdade de Direito (FDUP), a AEFCNAUP passou no dia 10 pelo refeitório partilhado pelos estudantes do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar (ICBAS) e da Faculdade de Farmácia (FFUP). Oferecendo embalagens individuais cheias de fruta da época cortada e com aspeto sumarento e apetitoso, encontramos Inês Figueira, atarefada, juntamente com as suas colegas da associação de estudantes. Inês explica-nos que o tipo de alimentação aqui proposto pelos estudantes e pelas estudantes da FCNAUP vai de encontro às “diretrizes da dieta mediterrânica” e que a iniciativa propriamente dita foi também “uma forma de começar um projeto próximo da comunidade”, com mais iniciativas que sensibilizem para estas questões.

O projeto foi realizado pela Associação de Estudantes da FCNAUP (Foto: AEFCNAUP)

Da parte dos estudantes, a futura nutricionista conta que as ações tiveram “boa adesão e bom feedback, com algum do público a pedir inclusive que sejam realizadas com maior frequência. As caixas que ali chegaram cheias de fruta voltaram vazias.

Uma das pessoas visivelmente satisfeitas é Silviana Ribeiro, estudante do Mestrado Integrado em Medicina, do ICBAS, que elogia a ideia pelo facto de mostrar à comunidade “um bocadinho do trabalho” dos alunos de Ciências da Nutrição e de fazer “pensar no que é que comemos.” E, claro, “obrigou-nos a todos a comer um bocado de fruta, porque se calhar muitos não iam comer.” E como são os hábitos alimentares de Silviana? “Acho que a minha alimentação é equilibrada, mas também acho que podemos ter espaço para cometermos umas asneiras e aproveitar.”

Também Eduardo Moreira, do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas da Faculdade de Farmácia (FFUP) crê manter uma alimentação saudável e diz inclusivamente que prefere fruta aos doces, predileção que se mantém mesmo à hora do lanche, quando a escolha poderia recair em alimentos menos saudáveis.

No projeto “Desfruta ME”, a AEFCNAUP observou também o controlo da pegada ecológica da iniciativa, ao distribuir a fruta em embalagens ecológicas, biodegradáveis e compostáveis em PLA, ou seja, plástico biológico fabricado a partir do amido de milho ou batata.

Esta ação inédita foi realizada em parceria com o Mercado Temporário do Bolhão e com o apoio da Câmara Municipal do Porto, e está integrada no programa da XXIX Semana da Nutrição da AEFCNAUP.