Estudantes de jornalismo debatem a crise dos refugiados

FEJS

Evento vai contar com cerca de 50 jovens de 13 países europeus (Foto: FEJS)

A cidade do Porto recebe entre os dias 8 e 12 de outubro a Assembleia Geral do Fórum Europeu de Estudantes de Jornalismo (FEJS), uma iniciativa coorganizada por estudantes de Ciências da Comunicação da Universidade do Porto e que vai juntar jovens de toda a Europa num debate alargado sobre a crise dos refugiados na Europa.

Tendo como pano de fundo um dos temas mais mediáticos do panorama social e político europeu, este Fórum assume como objetivo “a procura de um entendimento acerca da legislação europeia, do asilo e das finanças envolvidas” na questão dos Refugiados na Europa. Ao todo serão 13 os países representados num painel de discussão que contará com participantes da Alemanha, Bélgica, Croácia, Eslovénia, Espanha, Holanda, Inglaterra, Irlanda, Itália, Letónia, Portugal, Suíça e Turquia.

O programa inclui ainda três palestras com profissionais de áreas distintas. Cláudia Pedrosa do CPR (Portuguese Refugee Council), vai abordar o tema “International Protection in Portugal: The role of the Portugueses Refugee Council”; Jorge Marinho, professor da Faculdade de Letras da U.Porto (FLUP), falará sobre “Europe’s Refugee Crisis (2015): Media, Persuasion and Semiotics; e “Among Refugees, this life by a thread” será o título da intervenção da jornalista Vanessa Rodrigues.

Criado em 1985, o Fórum Europeu de Estudantes de Jornalismo é uma organização internacional sem fins lucrativos dedicada à partilha de informação entre os estudantes europeus de jornalismo, jovens profissionais e todos os interessados no campo jornalístico. Esta é a quarta vez que Portugal acolhe eventos do FEJS , cujo Congresso Anual acontece todos os anos numa cidade europeia diferente e é baseado em torno de um tópico específico.

 

Mais informações aqui.